quarta-feira, 25 de maio de 2016

Aparições de Nossa Senhora do Rosário na Argentina são Aprovadas pelo Bispo


O bispo Hector Cardelli, da cidade de San Nicolas, na Argentina, declarou oficialmente que as aparições de Nossa Senhora do Rosário à Gladys Quiroga de Motta, que começaram em 25 de setembro de 1983 e duraram seis anos e meio, são de caráter supernatural e merecem ser veneradas. O bispo tinha pedido análises de especialistas, antes da declaração.

Gladys é mãe de duas filhas, é avó e casada com um metalúrgico. Ela estava rezando o rosário quando Nossa Senhora apareceu pela primeira vez. Segundo li, ela tem 78 anos atualmente e tinha 46 quando viu Nossa Senhora pela primeira vez. Os pais dela tiveram 8 filhos, ela é a caçula. E ela só teve educação primária.

Nossa Senhora legou diversas mensagens a Gladys, que também recebeu stigmata (marcas da crucificação de Cristo) e curas foram relatadas pela devoção a Nossa Senhora do Rosário de San Nicolas de los Arroyos. Uma medalha também foi cunhada, com sete estrelas representando sete graças de Jesus Cristo.


Nossa Senhora deixou mensagens a Gladys do dia 13 de outubro de 1983 a 11 de fevereiro de 1990.

As mensagens falam do mal que se expande no mundo, do imenso número de almas perdidas, pede fé em Cristo, pede que se reze o rosário, e ressalta Cristo vivo na Eucaristia. Vejam exemplos de mensagens, clicando aqui.

O padre René Laurentin especialista em aparições marianas escreveu livro sobre as aparições em San Nicolas.

Rezemos a Nossa Senhora do Rosário de San Nicolas pelo Papa argentino, que ele assim como ela, peça a conversão de todos a Cristo e ressalte a Eucaristia.


Um comentário:

Vic disse...

As visitas e luzes de N Senhora sobre esse mundo devasso que venham em mais, pois a cada dia nos deparamos com noticias desalentadoras, refletindo mais negativamente nos desinformados ou de fé frágil, logo de onde deveriam proceder exortações que infundissem fé, não confusão e dessem margem a diversas interpretações subjetivistas.
Digo isso pelo que tem sucedido e me deparo hoje com um artigo do *Sandro Magister:"Amoris Laetitia" tem um escritor fantasma: Victor Manuel Fernández...
O papa Bento XVI deveria estar se contendo silente - por outro lado, muito eloquente pela mudez...
* fratresinunum.com