quarta-feira, 13 de julho de 2016

Papiro Revela A Primeira Oração a Nossa Senhora (do ano 250).


O Terceiro Concílio Ecumênico de Éfeso de 431 definiu que Nossa Senhora era Mãe de Deus. Mas muito antes os cristãos já chamavam Nossa Senhora de Mãe de Deus (theotokos) e pediam intercessão de Nossa Senhora, pedindo auxílios e refúgio em suas dores. O povo cristão estava séculos na frente da determinação da Igreja

Em 1917, a Biblioteca John Rylands de Manchester adquiriu um papiro egípcio escrito em grego koiné (o grego usado nos evangelhos). O papiro foi datado para o ano 250. Nele há uma oração a Nossa Senhora, que diz, na versão original e em inglês.


Traduzindo a Oração a Nossa Senhora para o português seria:

Em sua compaixão, nós tomamos refúgio, Oh Mãe de Deus: Não despreze nossos pedidos em tempos de dificuldades, mas nos salve dos perigos, oh única santa, oh única abençoada. 

Vejam, protestantes e muçulmanos, Nossa Senhora é exaltada pelos cristãos como intercessora a Deus desde sempre e não como deusa.

Mais informações no site Trisagion Films.

O site disponibiliza um vídeo com Oração dita no original em grego cantada.





Rezemos por nós e pela Igreja como fizeram nossos irmãos cristãos dos primeiros séculos.


5 comentários:

Adilson disse...

Boa noite, nobre Pedro! Salve Maria!

Após um longo tempos afastado, eis-me aqui.

Simplesmente maravilhoso! Que notícia gloriosa. Já divulguei para meus amigos lá nossa nossa Associação Civil São Pio V.

Abraços.!

Anônimo disse...

Que notícia legal!
Vou encaminhar para um amigo meu que é pastor protestante. Depois eu te digo a resposta dele!
Abraço,

Gustavo.

Pedro Erik disse...

Salve Maria, meu amigo Adilson.
Abraço,
Pedro

Pedro Erik disse...

Ok, Gustavo.
Abraço, irmão.
Pedro

Vic disse...

SUB TUUM PRAESIDIUM - a oração mais antiga que se conhece de N Senhora e que veio edificando e desafiando séculos afora sendo amada e recitada!
Ela é muito venerada até em certas poucas seitas protestantes - a maior parte a despreza por "atrapalhar" a adoração que devemos ao Senhor Jesus!
Ideias esdrúxulas de restrições a N Senhora Rainha e nossa Mãe, só nas mentes de relativistas!