terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Revista Veja Despreza Jesus Cristo


Estava eu navegando na Internet quando me deparei com uma notícia no site da Revista Veja. A noticia dizia "Arqueólogos Apontam Lugar onde Jesus teria sido Julgado".

Obviamente, eu me interessei. A notícia em si não trazia nada demais apenas mais uma descoberta arqueológica em Jerusalém.

Acontece que a Revista Veja na mesma reportagem resolveu responder "Oito Perguntas Sobre o Jesus Histórico".

Aí começa o problema, a Revista Veja consultou apenas um suposto especialista em Jesus Cristo para responder as perguntas, e as respostas do cara, chamado André Chivaterese, da UFRJ, são muitas vezes ridículas, bastando uma consulta às próprias citações dele e vendo sua argumentação frouxa. 

O cara responde às perguntas e a Revista Veja não teve nem o trabalho de ir conferir na Bíblia as respostas dele, mostrando completo desprezo para figura histórica de Cristo, líder da maior religião do mundo.

Vejamos as oito Perguntas que o tal Chivaterese responde.

1) Os autores do Evangelho conheceram Jesus?

Responde Chivaterese: Os textos têm autoria anônima, e os pesquisadores possuem poucas informações sobre sua exata origem geográfica. 

Será?

Na Bíblia de Jerusalém, a mais usada para exegese da Bíblia, diz-se que os textos sinóticos (evangelhos Marcos, Mateus e Lucas) tiveram "origem apostólica direta ou indireta". Por exemplo, Marcos já no começo do século é dito ter sido discípulo de Pedro, por Pápias, que é autor do mais antigo relato sobre os evangelhos.

2) Como era a família de Jesus?

Chivarese responde sem nem citar passagens na Bíblia que o Evangelho de Marcos diz que a família de Jesus achava que ele era louco (!).

Diz Chivarese:
Do primeiro texto, em que a família vê Jesus como um louco, ao último, onde são eles que levam adiante o cristianismo, parece haver uma contradição — mas não necessariamente. Pode ser que, com o passar do tempo, a família tenha se reaproximado de Jesus, e tomado seu lugar na Igreja"

Você já ouviu falar disso? Maria e José achavam que Jesus era louco?

3) João Batista existiu?

Olhem a tese de Chivarese: João Batista existiu, era mais importante que Jesus, Jesus foi discípulo de João Batista, mas brigou com ele, e fundou uma nova religião.

Qual é base para ele argumentar tanta asneira? Nenhuma, apenas diz que o historiador Josefus citou muito João Batista.

4) Jesus Sabia ler?

Aqui Chivarese diz que Jesus devia ser analfabeto.

Por que ele diz isso? Ah, porque não acharam sinagoga nas escavações de Nazaré. E em hebraico, ler e memorizar teriam a mesma palavra.

Será que acharam sinagoga em todas as cidades que tinha judeus na antiguidade? Não, claro que não.
E sobre o verbo ler e memorizar ter a mesma palavra? Bom, e daí? não se pode concluir nada com isso.

5) Qual era Religião de Jesus?

Essa talvez seja a pior resposta de Chivarese.

Ele diz que Jesus era judeu, mas disse que os judeus adoravam o demônio.

Aqui, ele mencionou a passagem João 8,44.

Ele ainda diz que a Igreja deixou de perseguir os judeus "nas últimas décadas"!!! 

Olhem lá todo o capítulo 8 de São João. Meu Deus, Cristo não diz, nem poderia dizer sob pena de a Igreja ter errado todos estes 2 mil anos, que todos os judeus adoravam o demônio!!!!!! 

Ele se referia àqueles judeus que queriam matá-lo, que não seguiam Suas palavras. Quanta Estupidez!!!

E a Igreja sempre procurou proteger os judeus. Vejam como a Igreja protegia os judeus no Estado da Igreja, vejam a reação da Igreja contra os cristão que atacam os judeus durante as Cruzadas...Só nas últimas décadas????? Esta foi demais.

6) Jesus foi Casado com Maria Madalena?

Chivarese responde que não.

Ufa, pelo menos uma.

7) Jesus foi traído por Judas?

Aqui realmente o tal Chivarese fica maluco.

Diz que Judas não existiu, foi criado para atacar os judeus, pois tinha o nome de Judas.

Meu Deus, e São Judas Tadeu foi criado para o quê?

Diz também que os evangelhos se contradizem sobre como Judas morreu. Ele diz que nos Atos dos Apóstolos Judas morreu se esfaqueando.

Fui pesquisar, pois nunca ouvi falar disso, e não encontrei nada nos Atos dos Apóstolos. Mesmo se eu encontrasse isso não revelaria que Judas nunca existiu.

8) Jesus foi Cruficado?

Chivarese diz que sim. Ufa.

Mas disse que não houve a Via Crúcis. Por que? Ele diz que porque foi na época de festa em Jerusalém. E as autoridades não iriam querer matar uma "liderança judaica".

Aqui Chivarese mostrou toda sua contradição. Jesus era uma liderança judaica, mas usou Judas para atacar os judeus e disse que os judeus seguiam o demônio.

--
Em suma, a  Revista Veja tem um completo desprezo por Jesus Cristo. Permite que apenas uma pessoa responda as maiores asneiras sobre o maior líder religioso do mundo, sem nem consultar a Bíblia ou um simples padre.

NÃO ASSINEM A REVISTA VEJA!!!!!!

E obviamente, não comprem nada de autoria de alguém chamado Chivarese falando sobre religião ou qualquer coisa próxima.


8 comentários:

Henoc disse...

A Veja só tem uma qualidade: de ser contra o stalinista PT, pelo menos por enquanto, mas apoia uma serie de procedimentos anti fé católica, mesmo o Reinaldo - católico? - apoia certas posições suspeitas como tal.
Sustentam o PSDB socialista, meio mais suave de chegar ao comunismo total, mas ao fim, tudo igual.
Agradeçamos a CNBB - como D Steiner elogiando o pró aborto Plinio Sampaio e D Damasceno defendendo E Campos como "Católico praticante" etc., em particular de possuirmos hoje em dia praticamente apenas partidos comuno-socialistas no poder, à afilhada TL e associados e aos dignos altos hierárquicos aliados dos vermelhos.

Pedro Erik disse...

Nós, cristaos, não temos nenhum meio de comunicação do nosso lado. Mas eles deveriam pelo menos respeitar as regras do bom jornalismo.
No caso da Veja, no entanto, ela já deu provas de desprezo a Cristo algumas vezes que demonstram que é método e não erro.
Abraço
Pedro Erik

Silas Toledo disse...

Sempre atento, não é mesmo, Pedro? Estou colocando o link da postagem na minha página do facebook.

Pedro Erik disse...

Obrigado, meu amigo Silas.
Feliz Ano Novo para você e sua família.
Abraço
Pedro Erik

Estanislau Tallon Bozi disse...

Meu Amigo,

A família fundadora da Editora Abril é judia.

Logo...

Abração,

Stan

Pedro Erik disse...

Pode-se começar explicar por aí, Stan.

Abraço,
Pedro Etik

Eduardo Araújo disse...

Caríssimo Pedro,

Um ótimo 2015 para você e para todos os seus.

A revista Veja inegavelmente antipatiza com o Cristianismo. Tudo o que se publica na revista relativo à religião cristã possui um viés desconstrucionista próprio de quem alimenta profundo rancor pela fé e pela Igreja de Cristo, o que pode ser explicado pela observação do Estanislau.

Mas não só a Veja, como de resto todas - enfatizo, todas - as publicações da Abril nutrem completo desprezo e desrespeito com o Cristianismo. Há muitos anos deixei de ler revistas como a Superinteressante e a Aventuras na História pelo teor unilateral e, sobretudo, mentiroso em matérias que faziam referência à nossa religião. Aliás, essas porcarias impressas fazem coro com os canais Discovery e National Geographic nas datas notáveis da Igreja - Páscoa e Natal, com "descobertas" (multipliquem-se as aspas aqui) que "mudarão o que se sabe sobre Jesus, o Cristianismo, a Igreja".

É esse lixo que superabunda nessas datas, sem receber reação enérgica da Igreja - não respondendo publicamente, até porque dificilmente teriam um veículo publicitário disposto a isso, mas mantendo uma constante campanha de esclarecimento e educação dos fiéis que mostrem a falsidade e a estupidez anticristãs desses materiais.

Claro, conforme salientou o Henoc, a Veja infelizmente é um mal necessário no que tange à oposição política ao governo petista. Mas que ninguém se iluda de tomar a revista por um veículo conservador. Não é. Inclusive o tratamento com conservadores pode bem ser ilustrado em várias das postagens do "direitista" (?) Reinaldo Azevedo, o católico que defende "casamento" gay e acusa o celibato clerical de todos os males possíveis e impossíveis.

Grande abraço
Eduardo

Pedro Erik disse...

Assino embaixo tudo que voce escreveu, Eduardo.

Feliz 2015 para voce e sua familia tambem, meu amigo.
Abraco,
Pedro Erik