terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Fatores para Segurar Casamento: Amigos, Religião, Simplicidade, Tempo de Namoro e Lua de Mel



O site do The Atlantic divulgou uma pesquisa para prever divórcio. Os autores da pesquisa, Andrew Francis e Hugo Mialon, analisaram diversos aspectos e encontraram que fatores diminuem a chance de divórcio, quais sejam:

1. Casal ter religião e realmente seguir essa religião. Se seguir apenas mais ou menos aumenta muito a chance de divórcio;

2.  Tempo de namoro maior que 3 anos;

3. Ser rico ajuda, mas
A) não pode gastar demais com casamento, nem com anel de noivado.
B) Riqueza nem beleza podem ser importantes para ter casado.

3. Ter muitos amigos na cerimônia de casamento.

4. Ter tido lua de mel.

Em suma, o casal deve respeitar o casamento como instituição feita por Deus, e por isso os gastos com casamento são feitos para amigos e não para ostentar.

Vejam gráficos abaixo da pesquisa sobre a chance de divórcio.


 Riqueza e Beleza
Tempo de Namoro
Riqueza
Frequenta Igreja
Gastos com casamento
Lua de Mel

10 comentários:

Adilson disse...

Boa noite, Pedro, meu nobre!

Será que os leitores que acompanham esse tipo de informação estarão dispostos a, ao menos, considerar o item 1, pois observando bem a lógica desse catálogo, parece-me ele é que realmente sustenta os demais. Em suma, as pessoas realmente praticantes de sua religião (e creio que o cristianismo é que está em questão na postagem) não terão dificuldades em seguir os outros itens. Aliás, será que a formação moral na infância e juventude do casal está inserida nesse tópico 1?

Abraço!

Pedro Erik disse...

O próprio texto da reportagem do The Atlantic esconde a função da religião. Não destaca, coloca apenas o gráfico. Triste.
Falta ver o texto dos autores. Não li.
Abraço,
Pedro

Lura do Grilo disse...

Penso que as experiências antes do casamento devem contar muito para a solidez deste. Quanto mais forem mais provável é o casamento falhar.

Pedro Erik disse...

Importante o que você levantou, caro Lura do Grilo.
Obrigado
Abraço
Pedro

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

Eu tenho uma teoria: quanto mais "amor" um casal fizer antes do casamento, maior a chance deste dar errado.

Falo isto por ver muitos casais conhecidos meus seguirem por este caminho.

Triste. :(

ps: caro Pedro, desculpe-me pela linguagem explícita. Caso queira, pode apagar este post. Cumprimentos. :)

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

Caro Pedro, com relação ao tempo de namoro, não seria o contrário: Quanto mais tempo de namoro, mais difícil é que um casamento dê certo?

É que no meu caso, tive dois namoros: um durou 03 anos, e o segundo durou quase 06 anos (uma vergonha, eu sei ^^'), e eu nem ao menos me casei.

Acho que o tempo ideal de namoro é por volta de uns 02 anos. Depois, ou casa, ou "cada um vai pro seu lado".

Qual a sua opinião?

Cumprimentos, e bom sábado. :)

Pedro Erik disse...

Caro Ricardo,

Acho que tens razão tem um tempo limite.
Mas eu diria que o mais importante é afinidade, isso envolve tanto afinidade religiosa, como social, como intelectual.
Em suma, vc tem de ser parecido com seu par.
Casamento é um passo muito importante, detalhes podem ser enormes rachaduras com o tempo.

Abraço,
Pedro

Pedro Erik disse...

Caro Ricardo,

Acho que tens razão tem um tempo limite.
Mas eu diria que o mais importante é afinidade, isso envolve tanto afinidade religiosa, como social, como intelectual.
Em suma, vc tem de ser parecido com seu par.
Casamento é um passo muito importante, detalhes podem ser enormes rachaduras com o tempo.

Abraço,
Pedro

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

É verdade, Pedro, a afinidade, principalmente a religiosa, é essencial.

E foi justamente isto, um dos fatores principais para o fim dos meus dois namoros (eu sendo um [péssimo] católico, e elas sendo protestantes).

Qual seria o resultado? :(

Cumprimentos.

Pedro Erik disse...

Que você encontre um grande amor para compartilhar a vida, caríssimo Ricardo.
Abraço,
Pedro