segunda-feira, 24 de abril de 2017

Vídeo: George Soros Confessa o Momento em que Ficou Amoral, Imoral e Ateu.





Ontem, eu vi uma entrevista de 1998 de George Soros, que se diz que ele  tenta apagar do youtube.

A entrevista está no vídeo acima.

O vídeo começa elaborando como o Geroge Soros consegue destruir a economia de um país inteiro usando um enorme quantidade de dinheiro ou publicando sua opinião em jornais financeiros.

Soros mostra orgulho disso e diz que não se preocupa com as consequências sociais, ele diz que está no jogo para ganhar dinheiro.

No vídeo, várias vezes Soros aparece como se vangloriando pela capacidade de destruir economias e também a aparece como um filantropo que ajuda alguns países, na companhia de políticos como a Hilary Clinton.

O método de ajudar alguns para piorar a vida de muitos é típico de chefes de gangue ou tiranos, sejam os traficantes de droga nas favelas, políticos de "bolsa família" ou empresários/investidores.

Mas o mais importante do vídeo é a história familiar de Soros na Hungria durante a Segunda Guerra, que começa no minuto 6:48.

O pai de George Soros era um rico advogado judeu na Hungria antes da Segunda Guerra. Prevendo os problemas com os nazistas, o pai de George Soros resolveu forjar documentos e corromper um membro do governo húngaro para dizer aos nazistas que George Soros era seu filho adotado cristão.  George Soros acompanhou seu "padrinho" enquanto esse confiscava as propriedades dos judeus que iam para campos de concentração nazistas. Geroge Soros tinha 14 anos e via seus amigos judeus irem morrer nos campos de concentração enquanto se dizia cristão. 

O entrevistador pergunta a Soros se esse momento na vida não o perturba, uma vez que ele viu amigos e vizinhos serem levados a campos de concentração

George Soros diz, em meio a sorrisos, que isso não o perturba de jeito nenhum e que aquele momento da Segunda Guerra forjou sua personalidade. Algumas vezes, Soros se declara amoral, imoral (como isso fosse obrigação de todo investidor para ganhar dinheiro) e finalmente se declara completamente ateu.



Um comentário:

Isac disse...

O $enhor deu$ Mamon lhe fez as propostas tentadoras e Soros achou que ser dono do mundo compensaria, recordando aqui nosso poetinha que dizia: "que o amor seja eterno, enquanto dure"!
O problema mesmo será quando se deparar com o Senhor Deus verdadeiro, pedir-lhe contas de sua administração e perceberá tardiamente o logro - será tarde!
Que não faria para recomeçar, porém, o tempo favorável findou, Soros!
O tipo do ateu convencional!