domingo, 7 de outubro de 2018

Voto em Bolsonaro. Eu e Prof.Hermes Nery.


Meu filho, me perguntou em quem eu votaria. Eu respondi:

 "Como assim?, só existe uma pessoa a ser votada para presidente no Brasil por um católico: Jair Bolsonaro.

O resto não defende as doutrinas mais básicas do catolicismo, como a vida, o casamento ou a própria fé cristã.

De João Amoedo a Boulos são apenas vertentes do anti-cristianismo."

O meu amigo, professor Hermes Nery, líder na luta contra o aborto no Brasil, escreveu um texto em defesa do voto em Bolsonaro.

Aqui vai o texto dele:

O voto em Jair Bolsonaro se justifica pelo combate ao lulopetismo, que tantos danos fez ao País, especialmente no campo moral, e também pelo afã de implantar uma agenda antivida e antifamília (a agenda de gênero), além do projeto de poder totalitário que o PT só não conseguiu viabilizar como quis, por reação da sociedade, principalmente após o decreto 8243/2014, rechaçado pela Congresso Nacional, e que estivemos em audiência pública no Senado Federal [https://www.youtube.com/watch?v=LDspWPatQSs], como única voz contrária aquele decreto, que desejava radicalizar a democracia com os conselhos populares, hoje previstos no programa de governo do PT, etc. O único em condições políticas viáveis para deter o lulopetismo é Jair Bolsonaro, apesar de suas posições controversas (controle da natalidade, esterilização, e outras), que contrariam a doutrina social da Igreja, e esperamos que reveja tais posicionamentos. Além disso, como católicos, sabemos que a Igreja condena com veemência e explicitamente o comunismo e o socialismo, mas faz restrições ao liberalismo. Daí que uma agenda ultraliberal está em dessintonia com o ensinamento da Igreja. Sabemos, pela a experiência histórica, que os princípios e valores defendidos pela doutrina social católica assegura o justo e pleno desenvolvimento de uma nação. 


5 comentários:

Isac disse...

DORAVANTE: BRASIL MAIS DECENTE X BRASIL KIT GAY!
Os políticos em geral, escolhem-se entre os menos ruins, o menos relativista e Bolsonaro preenche tais condições; de cara, só de ser anti comunista, ganha pontos.
Porém, será acossado pelos petistaspois muitos perderão seus privilegios - bolsas-ditaduras, artistas mamadores da lei Roannet etc., e mais esquerdinhas-caviar, sanguessugas do Estado!
Cristãos católicos na política contam-se nos dedos, como o professor Néry e outros raríssimos em meio ao lamaçal; Afinal, que de pior há, como nas hordas infernais dos malignos, endiabrados PT e mais PCs?

Anônimo disse...

NÃO APRENDERAM! NÃO ENTENDERAM QUE OS COMUNISTAS MAL SAÍRAM DE SUAS CAIXAS DE PANDORAS.

O Brasil, ainda testemunhará A MAIOR VERGONHA e desfaçatez de sua história e MUNDIAL, já não bastasse tantas outras.

FRAUDE! FRAUDE! FRAUDE!!!! A direita ou "direita" ainda dorme, a maioria dos integrantes das FABs acuadas, para não dizer vendidos, o Judiciário e o Ministério Púbico são de dar asco tamanho o seu vínculo com os comunistas. O pau mandado do molusco se sagrará presidente no melhor estilo farsante; e todos os cegos brasileiros cairão, levando o país ao esfacelamento total.

Eduardo

Anônimo disse...

Dr. Paulo Antonio Papini, publicou ontem artigo importantíssimo provando através do artigo 142 e 149 da CF, o porquê da urgência na substituição das urnas eletrônicas pelas urnas de lona e cédulas de papel. Leiam o artigo:

https://papini.jusbrasil.com.br/artigos/635183905/substituicao-ainda-dentro-destas-eleicoes-das-urnas-eletronicas-pelas-de-lona-com-cedulas-em-papel


Dr. Paulo Antonio Papini - Mestrando e Doutorando pela Universidade Autónoma de Lisboa, Pós-graduando em Direito Civil e Direito Processual Civil pela Escola Paulista de Direito. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie. Autor do Livro: “Direito e Democracia – Ordem Constitucional x Neoliberalismo”; Palestrante. Autor de mais de 250 artigos e ensaios jurídicos para diversas revistas e sites. Advogado especialista em Direito Imobiliário, Direito Bancário e Direito Processual Civil.

Ricardo Lima disse...

Caro Pedro, Bolsonaro não é o candidato perfeito.

Mas, é o melhor que temos na situação atual.

Apesar do seu futuro ministro da economia ser um liberal (Paulo Guedes), votarei nele.

Pedro Erik disse...

Isso, meu caro, perfeito só Cristo. Estamos sempre escolhendo mais próximo disso.

É como disse um palestrante católico, se você procura uma Igreja perfeita, entre nela e ela não será mais perfeita.

Grande abraço,
Pedro