quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Trump para Turquia - "Não Banque o Valentão. Não seja Idiota"


Trump liberou a carta que enviou a Recep Endorgan no dia que anunciou que retiraria as tropas americanas da Síria.

Trump está sendo acusado de deixar curdos e cristãos a mercê da ditadura turca, com a retirada das tropas.

Por conta dessa acusação, Trump liberou a carta no qual diz a Endorgan: Don'be a tough guy. Don't be a fool" (que pode ser traduzido por: "não banque o valentão. Não seja Idiota").

A guerra na Síria se iniciou sob administração de Obama, durante a tal "primavera árabe" (que só trouxe desgraça), se alastra desde 2003, e tem vários países na confusão da guerra, como Irã, Rússia, Estados Unidos e Turquia, além de grupos terroristas islâmicos.

A Turquia faz fronteira com a Síria e tem briga de décadas com os curdos que vivem na região de fronteira.

Trump alega que os Estados Unidos não podem ficar em uma guerra sem fim, que quer poupar a vida dos soldados americanos, que os Estados Unidos estão a 7 mil milhas de distância, não têm nada a ver com a guerra, e que os Estados Unidos não ganham nada com a guerra.

Trump também ameaça a Turquia com sanções, caso aja de forma agressiva.

Bom, eu acho que Trump está errado. Temo que não dará certo a sua ameaça a Endorgan.

Infelizmente, sim, o mundo precisa de polícia, de polícia que defenda e esteja do lado da verdade cristã. Apesar, é claro, de se cometer erros durante os atos de polícia.

Recep Endorgan é um ditador que não custa para ameaçar os inimigos políticos e as minorias religiosas. Apesar de fazer parte da Otan, a posição dele frente a imensa imigração na Europa vai fazer a Europa calar frente aos ataques que ele fizer na Síria. Só nos resta os Estados Unidos mesmo para evitar que a Síria se torne xiita ao estilo iraniano ou um poço de terroristas que ameaça o Líbano e Israel.

Algumas vezes o mundo esteve mas mãos de soldados americanos, poucas vezes se reconhece isso.


3 comentários:

Isac disse...

O O Medio, com sua diversidade de religiões, cada qual maia feroz que a outra, apoiador da deusa lua de uma ou outra forma - menos Israel - que se esperará desse enraizado caos + ideologias abundantes grassantes?

Adilson disse...

Tá tudo caindo. Enquanto isso, descobre-se que fundações abortistas financiaram as organizações que organizaram o Sínodo da Amazônia.

Pedro Erik disse...

Sim, Bernardo Kuster já tinha mostrado as instituições que financiam a CNBB. Fez bom trabalho neste assunto.

Abraço, amigo