quarta-feira, 2 de abril de 2014

Estupros nos Países Escandinavos. (Lá não é o Paraíso)


Nós, brasileiros, temos a mania de achar que nosso país é uma grande porcaria e que os países desenvolvidos são um paráíso. Os países que nos parece mais idílicos e maravilhosos são os países escandinavos. Parece-nos que eles, suecos e noruegueses, por exemplo, encontraram o paraíso na Terra. Estes países são conhecidos pela adoção do politicamente correto, pelo enorme tamanho do estado (altíssima tributação) e também por grande número de ateus entre os nativos.

Bom, destes dois países, eu conheço apenas a Suécia, e garanto a vocês que não é o paraíso.

Você pode ficar em um bairro e não ver nenhum sueco, os nativos estão se eliminando (pelo politicamente correto do aborto ou por simples abandono do país) e deixando o país para os imigrantes, que são na grande maioria muçulmanos, especialmente provenientes do Iraque, Somália e Afeganistão.

Hoje, li sobre as estatísticas de estupro na Suécia e na Noruega. O problema destes dois países é a imigração muçulmana.

Uma pesquisa conduzida pela Orebro County Council mostrou que 38% das mulheres têm medo de sair de casa com medo de serem molestadas ou roubadas.

Em 2013, 17.400 ofensas sexuais, dos quais 5.900 foram estupros foram reportadas. E sabe-se que apenas 23% dos estupros são relatados para a polícia.

Calcula-se que os estupros atinjam 75 mil crimes por ano na Suécia, um país que tem uma população metade da cidade de São Paulo (9,5 milhões de habitantes).

Sobre a Noruega, o site Jihad Watch aponta que 100% dos estupros ocorridos em Oslo nos últimos 5 anos foram provocados por imigrantes de países não-ocidentais.

Em outro países escandinavo, na Dinamarca, 41% de todos os somalis forma condenados por crimes em  2012. E os somalis são os que mais recebem apoio do estado dinamarquês.

As notícias de que a Europa se torna cada dia mais muçulmana são diárias. Outro dia, eu li que em Vienna  há mais muçulmanos nas escolas primárias e secundárias do que católicos!

É a Eurábia surgindo. Quem sofrerá? Cristãos, principalmente, mas também os ateus (e gays, e mulheres...).



5 comentários:

Leonardo Santana de Oliveira disse...

Prezado Pedro, Salve Santíssima Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, Co-Redentora pois trouxe ao mundo O Redentor!!

Deus puniu o homem por ter se feito "deus" com as 3 revoluções:herética protestante, francesa e russa.O castigo veio com duas guerras mundiais mas mesmo assim o homem na sua vaidade e soberba continua tentando Deus.

O politicamente correto, a moral relativista o multiculturalismo são bandeiras da guerra cultural marxista que contaminou todas as esferas de poder do Ocidente, até criaram um conciliábulo para tentar destruir a Santa Igreja Católica.

Prezado Pedro, eu desconfiu que Cristo Deus usará o políticamente correto e o islã para punir o homem por sua apostasia.

O islã está se aproveitando da guerra cultural marxista para conseguir invadir o Ocidente, coisa que eles não tinham conseguido quando o Ocidente era católico e a Santa Madre Igreja Católica não tinha sofrido com um furacão de um conciliábulo modernista e neo-protestante!!

“Tua perdição é obra tua, Israel. Tua força é obra Minha”.
(Os. XIII, 9)

Lendo essa passagem, não pude deixar de pensar no Ocidente e na "igreja" conciliar!!

In Corde Jesu, semper.

Ps: seja bem vindo de volta prezado Pedro!!

Pedro Erik disse...

Realmente, caríssimo Leonardo, só uma Igreja forte, defensora de sua Doutrina, evitará a Eurabia.
Obrigado pelas palavras amigas.

Abraço,
Pedro Erik

Anônimo disse...

Estou na Suécia, em Gotemburgo para um congresso. E não acho que sejam apenas mulçumanos os maiores estupradores. Mal posso andar na rua de tanto assedio que tem. Estou me sentindo como se estivesse num país do Oriente Médio onde sabemos ter assédio assim. E os assédios partem por parte dos imigrantes e dos suecos também. Nunca fui tão assediada. Me sinto totalmente insegura nesse lugar e não vejo a hora de sair daqui.

Anônimo disse...

A questão não é fato das nações estarem secularizadas, mas sim as medidas irresponsáveis de imigração. Com esta mentalidade católica a única coisa que vai surgir é uma nova inquisição.
Não podemos nos esquecer que o Brasil está no mesmo caminho, mais e mais muçulmanos chegam ao país.

Pedro Erik disse...

Que inquisição? Aquela que seguiu as leis dos estados da época eatou 2000 pessoas em seis séculos enquanto o ataque de um dia nos Estados unidos em 2001 matou 3000?
Não tenha medo dessa inquisição.