segunda-feira, 25 de maio de 2015

Estado Islâmico Planeja Ataque Nuclear.


No momento, eu estou lendo sobre o pensamento do padre Richard John Neuhaus, autor de muitos livros e editor do journal First Things. Neuhaus faleceu em 2009, mas ele é reconhecido, entre muitas outras coisas, por sua defesa da guerra do Iraque durante o governo Bush em 2003.

Neuhaus costumava usar a teoria da Guerra Justa de Santo Agostinho e ressaltava um fato que ninguém pode negar, se compararmos nos últimos cem anos, os Estados Unidos com outros países na luta contra a tirania e na ajuda humanitária, os Estados Unidos estão muito bem posicionados. Comparem com a Alemanha, a Rússia, o Japão, a França ou a China, por exemplo. Mas é aquela coisa, quem reconhece?

Agora sob a presidência de Obama, os Estados Unidos acham que sua história é um lixo e se abstém de defender no exterior aquilo que sempre defenderam.

O Estado Islâmico avança sobre o mundo e o mundo (incluindo a Igreja) espera pela ONU, uma instituição que tradicionalmente nunca liderou nada em ternos militares, nem tem legitimidade moral ou jurídica para tal.

Agora, o Estado Islâmico diz que está próximo de usar armas nucleares contra os próprio Estados Unidos. O Estado Islâmico diz que já é rico o suficiente para comprar uma arma nuclear do Paquistão.

Vejamos o que diz o site Press TV.

ISIL planning ‘nuclear attack inside US next year’: Report


The ISIL terrorist group claims that it has enough money to buy a nuclear weapon from Pakistan and carry out an attack inside the United States next year.
The group said in an article in its English-language online magazine Dabiq that the weapon could be smuggled into the United States via its southern border with Mexico.
British journalist John Cantlie wrote in the article ISIL “has billions of dollars in the bank, so they call on their wilayah (Province) in Pakistan to purchase a nuclear device through weapons dealers with links to corrupt officials in the region.”
“The weapon is then transported overland until it makes it to Libya, where the mujahidin move it south to Nigeria,” the journalist said.
He added that “drug shipments from Columbia bound for Europe pass through West Africa, so moving other types of contraband from East to West is just as possible.”
Cantlie continued the weapon and accompanying radicals would then move up through Central America and Mexico before entering the US.
"From there it's a quick hop through a smuggling tunnel and hey presto, they're mingling with another 12 million 'illegal' aliens in America with a nuclear bomb in the trunk," he wrote.
"Perhaps such a scenario is far-fetched but it's the sum of all fears for Western intelligence agencies and it's infinitely more possible today than it was just one year ago,” Cantlie said.
Cantlie is a photojournalist who was abducted in Syria by ISIL in November 2012. He has appeared in several videos since his abduction and criticized Western powers.
The journalist also said President Barack Obama's policies against ISIL have failed.
The report comes while the terror network has gained grounds in Iraq and Syria.
The terrorists took control of the major Iraqi city of Ramadi and the Syrian ancient city of Palmyra.
The ISIL terrorists, who were initially trained by the CIA in Jordan in 2012 to destabilize the Syrian government, are engaged in crimes against humanity in the areas under their control.
They have been carrying out horrific acts of violence such as public decapitations and crucifixions against all communities, including Shias, Sunnis, Kurds, and Christians.


(Agradeço a informação ao site Zero Hedge)

2 comentários:

Evandro disse...

O mundo é globalizado para compartilhar as crises financeiras, mas não é capaz de identificar e neutralizar as riquezas que financiam o EL. Demagogia!
Armamento e munição usada na cabeça dos cristãos são em grande maioria russos, americanos ou de algum país do leste Europeu, os veículos toyota, as câmeras goPro ...
Na era dos voôs espaciais secretos e escudos anti-mísseis, será mesmo que o EUA ou a Russia não seriam capazes de identificar um grupo de 42 pessoas vestidas de laranja e preto, se deslocando em uma praia absolutamente deserta daquele litoral árido? Será que o EL é financiado com dinheiro em espécie, não rastreável pelo sistema financeiro global?
É complicado! A vida do cristão é só aquilo que tem menos valor no conjunto de interesses, ou pior, talvez seja só o salário da mão de obra mercenária mais disponível na região, os muçulmanos ... qual outro exército te permitiria derramar livremente e abundantemente o sangue da mais valiosa oferenda do seu deus?
Por isso que acredito no fanatismo de quem segura a faca e no cinismo de quem finge se importar!

Pedro Erik disse...

Obrigado pelo ótimo comentário, Evandro.

Abraço,
Pedro Erik