sexta-feira, 29 de maio de 2015

Vídeo: Se Preparem para a Guerra - A Liga Santa de Cristo


Cristãos enfrentam a maior perseguição da história no mundo islâmico, quantidade de ateus aumenta, nos países ocidentais a agenda gay e pró aborto se espalha e tenta criminalizar aqueles que defendem a família e a vida (ontem, mesmo eu li que um juiz americano decretou que o discurso pró-vida é ofensivo). No Brasil, não há nenhum partido político que se levante contra o casamento gay ou contra o aborto. O STF aprovou, pisando na constituição, o casamento gay e o aborto. O Papa Francisco não tem conseguido afastar os receios de heresia dos cristãos.

O cardeal Raymond Burke observou o mundo e viu que os cristãos precisam se preparar para a guerra. Apenas aqueles que se preparam desde já conseguirão ver luz divina. Os cristãos mais ou menos acabarão adotando o mal.

Cardeal Burke fundou junto com os cristãos a Holy League, inspirada nos cristãos da Batalha de Lepanto.

A Liga estimula a formação da Holy League Holy Hour, que procura homens para estabelecer uma hora de oração em cada paróquia. Você pode se inscrever no site e dizer que vai tentar estabelecer a Hora Sagrada na sua paróquia. A Holy League também procura estabelecer palestrantes que mostrem a importância de se preparar para a guerra, com sacrifícios e orações.

Vejam vídeo abaixo no qual o Cardeal Burke explica a importância da Liga.





Michael Voris, do Vortex, também falou no mesmo sentido: preparem-se para a guerra, só assim conseguiram a salvação. "Only Heroic Catholics will Survive" (Apenas católicos heróicos se salvarão).

Preparem-se agora e preparem suas famílias para a escuridão espiritual que se aproxima com força do mundo.

Vejam o excelente vídeo de Voris abaixo:






(Agradeço a informação sobre a Holy League e sobre Voris ao site Roman Catholic Man)

6 comentários:

Anônimo disse...

Uma nova cruzada para derrotar o islão.

http://bloguedofirehead.blogspot.com.br/2015/05/uma-nova-cruzada-para-derrotar-o-islao.html

Anônimo disse...

Tem sentido total a proposta de D Burke (et idem alii) - ele perceberia que a situação atual está ficando cada vez mais insustentável pela apostasia quase geral - pois a maior guerra atual é da batalha cultural e especialmente espiritual - uma luta contra o diabo que está ativíssimo - e representa de imediato os comunistas, islã e aliados de ambos; apenas os católicos fieis se salvarão para o Reino dos Ceus, mantendo-se na fé de sempre, não aceitando essa nova igreja "católica" das facilidades e relativismo, sub produto de um mix de religiões.
Os que deveriam defender os direitos da Igreja dão as mãos aos seus inimigos, como vemos hoje, como a direção da CNBB placidamente sob um regime comunista sem andar às turras com ele, mas "dialogando" e varios sacerdotes silentes nesse sentido...
E Nossa Senhora faz à sua dileta filha esta declaração terrível:
"Tempos funestos sobrevirão, nos quais .... aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem" (II, 98).
Henoc

FireHead disse...

Permite-me discordar: o número de ateus aumenta, mas não é em todo o mundo, senão apenas no Ocidente cada vez mais apostatado e condenado.
E aqui entre nós, eu tenho uma grande esperança em relação à China neste aspecto. O potencial de crescimento católico na China é imenso. Oremos para que o presidente chinês Xi Jinping e o Papa Francisco se entendam duma vez por todas, de modo que a China reate as relações com o Vaticano.

Abraço.

Pedro Erik disse...

É verdade, caríssimo Firehead. O numero de cristãos também cresce em terra de ateus como a China.
Obrigado amigo. Rezemos por estes.
Abraço
Pedro Erik

FireHead disse...

Sim, como falei no meu blogue, e isso porque eu tenho conhecimentos concretos, mesmo em partes improváveis da China houve um número significativo de baptismos na época pascal. Em Guangzhou, onde eu passei a Páscoa, foram mais de 100 mil baptismos. Em Hong Kong, uma sociedade livre tal como Macau, foram, por sua vez, mais de 4000 baptismos.

Pedro Erik disse...

Sim. Graças a Deus.
Parece que Cristo também se levanta em alguns paises africanos.
Vamos precisar de todos.
Abraço,
Pedro Erik