quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Rick Santorum em Primeiro Lugar

-

Depois de 47 semanas com no máximo 5% de popularidade, Rick Santorum assumiu a ponta na pesquisa para candidato a presidente do partido republicano, e com 12 pontos percentuais na frente do segunda colocado. Santorum tem 39%, contra 27% de Mitt Romney. É o que diz o Rasmussen Reports.

Não sou eleitor americano, mas já declarei meu voto aqui para Santorum, desde que ele tinha apenas 1% de popularidade.

Torço com muita sinceridade para ele, acho, inclusive, que o mundo precisa da visão que Santorum tem da economia (que ela também precisa seguir valores morais).

No Brasil, só se lê muita bobagem sobre as eleições americanas. Por vezes, tenho a impressão que eles mandam os piores analistas para os Estados Unidos e eles devem trabalhar dentro do New York Times, pois eles sempre repetem o que diz este jornal de Nova Iorque, que é reconhecido por odiar qualquer candidato do partido republicano.

Por exemplo, a revista Veja, que supostamente seria de direita no Brasil, trata Santorum como "ultraconservador", o que para o eleitor brasileiro seria quase Hitler. Santorum não é ultraconservador no sentido imaginado pelas pessoas, ele apela tanto para os conservadores (pelos valores morais) como para os de esquerda (pela defesa dos mais necessitados).

Eu tenho muita dificuldade com o jornalista Andre Petry que escreve assuntos internacionais na Veja e também com o que escreve para o site da revista, Caio Blinder. Eles seguramente trabalham para o New York Times. A Veja, como o New York Times, nunca defende valores morais e sempre se posiciona como um ateu se posicionaria e sem colocar a posição que um cristão teria.


Não sei se Santorum se sustentará, Romney (o da esquerda na foto acima) tem uma máquina de guerra. Romney é riquíssimo e usa muito dinheiro em campanhas difamatórias contra os oponentes. Além disso, a imprensa do tipo New York Times detesta candidato falando em questões morais, vão procurar atacá-lo de todos os lados. Em suma, Santorum será atacado dentro e fora do partido republicano com muita força.

Mas GO SANTORUM 2012!

4 comentários:

FireHead disse...

Se isto for mesmo verdade então deve ser sinal de que os católicos americanos se fartaram de vez do Obama...

Pedro Erik disse...

Firehead,

Há sempre uma luta entre aqueles que são católicos mesmo, que seguem a doutrina da Igreja ou pelo menos a defendem, e aqueles que são católicos apenas no nome.

Mas vi em uma pesquisa recente que 59% dos católicos desaprovam o governo Obama.

Abraço,
Pedro Erik

FireHead disse...

Amigo Pedro,

Católicos só de nome não devem ser considerados católicos de verdade. Eu pelo menos não os incluo nas estatísticas.

Pedro Erik disse...

É verdade, Firehead. Eu já tive a oportunidade de dizer isso a um pesquisador sobre religião.

Mas, em todo caso, nas pesquisas de popularidade, eles se dizem católicos.

Abraço,
Pedro