quarta-feira, 8 de julho de 2015

Nobel de Física: "Obama (e o Papa) estão Errados sobre Mudança Climática"


O prêmio nobel de física, Dr. Ivar Giaver (foto acima), declarou que Obama está completamente errado ao falar sobre mudança climática. Disse que a mudança climática não é um problema.

Giaver não é nenhum conservador, ele votou e apoiou Obama para presidente, é apenas mais um renomado cientista que teve a coragem de dizer que este negócio de aquecimento global por conta da ação humana é bobagem. Há uma lista enorme de cientistas que dizem isso. E muitos mais ainda silenciam.

Mas será que líderes como Obama que investiram bilhões de recursos nisso, e fizeram muita gente rica, como Al Gore, e também líderes religiosos como o Papa Francisco, que arriscou colocar a Igreja Católica em um ponto controverso da ciência, irão se arrepender do que fizeram e disseram, vendo a opinião de especialistas e também vendo as evidências científicas que mostram que há 18 anos o planeta Terra está na verdade esfriando?

Giaver disse que a mudança climática se tornou uma religião para muitos, não é científico. O Papa Francisco na sua encíclia Laudato Sí parecia querer entrar para esta crença, quando disse que há "bastante consenso" sobre a mudança climática. O que esta encíclica se tornará se a história mostrar que a ideia de aquecimento global feito por homem é simplesmente falsa e usada politicamente para dar dinheiro aos já ricos?

Vejamos o texto divulgado pela Fox News hoje.

In 2008, Dr. Ivar Giaever joined over 70 Nobel Science Laureates in endorsing Barack Obama for president, but seven years later the Nobel Prize winner now stands against the president on global warming.
I would say that basically global warming is a non-problem,” Giaever, who won the Nobel for physics in 1973, told an audience at the Lindau Nobel Laureate meeting earlier this month.
Giaever ridiculed Obama for stating that “no challenge poses a greater threat to future generations than climate change.” The physicist called it a “ridiculous statement” and that Obama “gets bad advice” when it comes to global warming.
“I say this to Obama: Excuse me, Mr. President, but you’re wrong. Dead wrong,” Giaever said.
Giaever was a professor at Rensselaer Polytechnic Institute’s School of Engineering and School of Science and received the Nobel Prize for physics for his work on quantum tunneling. Giaever said he was “horrified” about the science surrounding global warming when he conducted research on the subject in 2012.
Ironically, just four years earlier he signed a letter with more than 70 other Nobel winners saying the “country urgently needs a visionary leader” and that “Senator Barack Obama is such a leader, and we urge you to join us in supporting him.”
But by 2011,  Giaever left the American Physical Society because it officially stated that “the evidence is incontrovertible … [g]lobal warming is occurring.” The Society also pushed for reducing greenhouse gas emissions.
Global warming really has become a new religion,” Giaever said. “Because you cannot discuss it. It’s not proper. It is like the Catholic Church.”
Giaever argued that there’s been no global warming for the last 17 years or so (based on satellite records), weather hasn’t gotten more extreme and that global temperature has only slightly risen — and that’s based on data being “fiddled” with by scientists, he said.
“When you have a theory and the theory does not agree with the experiment then you have to cut out the theory. You were wrong with the theory,” Giaever said

2 comentários:

Adilson disse...

Bom dia, nobre Pedro.

A igreja realmente está passando por momentos difíceis. Os progressistas depravados sequer estão sendo confrontados por quem deveria nos defender. Parece um vírus global. Hoje li em O Antagonista do Diogo Mainardi, que o papa Francisco deu um exemplo do "Salus Populi Romani" ao comunista Evo Morales. Em troca o índio revolucionário profanou o SENHOR na cara do papa, dando-lhe um exemplar de A "foice e o martelo" com Jesus crucificado nele. Pergunto: como um papa tolerou tamanho sacrilégio ao receber como presente um símbolo de algo que sempre pregou e praticou a destruição da Igreja?
Abraços!

Pedro Erik disse...

Que coisa mais triste, essa troca de presentes, caro Adilson.
O Papa não foi homem e cristão o suficiente para recusar tamanha ofensa. Que tristeza.
Rezemos pela Igreja.