sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Suécia e o Caos do Multiculturalismo


Olhem a última da Suécia: uma organização anti-nazista resolveu rememorar a "Noite dos Cristais Quebrados": período da Alemanha nazista, de apenas dois dias, 9 e 10 de novembro de 1938,  em que mais de 250 sinagogas foram queimadas, cerca de 7.000 estabelecimentos comerciais judaicos destruídos, dezenas de judeus foram mortos, 30  mil judeus foram para campos de concentração, e cemitérios, hospitais, escolas e casas judias saqueados, tudo ante a total indiferença da polícia, dos bombeiro e também da população alemã.

Acontece que a organização não pode convidar os judeus para rememorar o acontecido, com medo de reações dos muçulmanos. Se convidassem as vítimas, eles poderiam ser vítimas novamente, por conta do multiculturalismo.

O site Gatestone Institute tem um bom resumo do que acontece com a Suécia, desde que decidiu em apoiar o multiculturalismo. Desde 1975, o crime aumentou em 300% e os estupros em 1.472%. O site também fala de como  o governo sueco e os jornais do país ignoram e escondem o caos do multiculturalismo.

Faltou apenas falar que a destruição do multiculturalismo veio junto com a destruição provocada pelo aborto. Aborto e imigração de uma cultura dominadora (Islã) são duas medidas bem eficientes para destruir um país.

Como isso acabará? Em conflito civil, claro. A população já está se armando.

 

6 comentários:

Anônimo disse...

Nada diferente do que acontece no Brasil. Aqui, só por exemplo, o que choca a mídia e os intelectuais do país, não é os 54 mil assassinatos previstos para este ano......o que choca é um idiota chamar uma pessoa morena de macaco! Aí a OAB, o parlamento e etc já monta rápido uma lei e força tarefa para acabar com isso. Mas a matança, os estupros e a barbarie de assaltos e furtos.......nada....

Ou seja, bulling, ofensa de idiotas e palavrões chocam e comovem mais que milhares de assassinatos......

Não temos o que criticar a Suécia, nós estamos muuuiiittto pior. Nossa elite é racista, sexista e burra. E abortista.

Anátema para os pensamentos e ideologia da Marilena Chauí, que ganha 23 mil pela USP (federais, federais, fonte de militantes, são essas universidades federais a fonte do mal neste país, fábrica de esquerdopatas em escala industrial.....ah uma 'privatização" nesses ninhos de inúteis).

Anátema para as atitudes que no passado ou no presente são racistas e que desprezam o valor do ser humano.....independente de como se deram, se racistas escravistas ou os neo-racistas intelectualóides...

Anátema para abortistas e arrependimento agora para os que abortaram, lutem contra essa prática nojenta pagã que dedica vidas inocentes a Satanás.....

E que possamos ser assoprados e limpos pelo poder do Espírito Santo, todos somos pecadores, uns mais outros menos...embora hoje tem gente que exagera no pecado que até Satã se assusta.....

Abraço professor.

Pedro Erik disse...

Você tem toda razão, meu amigo.
O crime contra o politicamente correto é exaltado enquanto a morte de seres humanos não valem nada.
Abraço,
Pedro Erik

Adilson disse...

Boa noite, nobre Pedro.

Só digo: estou começando a acreditar que a Suécia só sair desse sono imbecil quando não mais nada pra se fazer. Aliás, um dos sonhos dos marxistas radicais, nos anos dourados dos avanços deles, era exterminar alguns povos da Europa. Pedro, por curiosidade, existe oposição nesse país?

Abraços!

Pedro Erik disse...

Meu amigo, até onde eu sei existe sim. São os do Partido Democratas Sueco, que seriam de direita e anti-imigracao. Mas não conheço a plataforma do partido em detalhes, alem de que têm conseguido apoio crescente.
Abraço,
Pedro Erik

Ricardo DA SILVA LIMA disse...

Infelizmente, em alguns países da europa (como no caso da Suécia), o governo faz tudo o que pode para prejudicar a população nativa.

Então a população tem que fazer o que puder para se proteger: armar-se "até os dentes", votar nos poucos partidos políticos que são pró-nação, e boicotar empresas e mídia que sabotam o bom funcionamento de seus países.

Aqui no Brasil, eu faço um pouco disto: não compro nada de editoras que se mostram a favor de aborto, pecado, imoralidade, e outras coisas indesejáveis.

Fazemos o que podemos.

Abraço, Pedro.

Vic disse...

A Suecia já caiu há muito no "Pluralismo, Diversidade, Multiculturalismo" - novos do nome socialismo-comunismo e quando os muslims começarem a detonar tudo lá poderá ser tarde!
Os jihadistas são como demonios encarnados e sabem que se morrerem em combate, do lado de lá o deus Maomé promete vai lhes dar todos os prazeres carnais!
Baal, Moloc etc., que são mesma estirpe também receberá eles!
A Europa começa a pagar o preço da apostasia!