sábado, 26 de janeiro de 2013

Um Recado do Egito para Obama

-

Ontem, foi o segundo aniversário da revolução do Egito que derubou o ditador Hosni Mubarak. Ocorreu muita violência entre as facções islâmicas e aqueles que querem tirar a Irmandade Muçulmana do poder.

Mesmo com a Irmandade Muçulmana no poder, com presidente egípcio (Mohamed Morsi) mudando a constituição para dar mais poder para ele e para  a Irmandade e chamando os israleenses de macacos e porcos, Obama continua enviando rios de dinheiro em ajuda para o governo do Egito e esta semana foi anunciado que os Estados Unidos está enviando até aviões F-16 de guerra.

Entre os manifestantes contra a Irmandade Muçulmana estava um homem segurando um cartaz (acima) que diz:

"Da Praça Tahrir para a Imprensa dos Estados Unidos e Irmandade Muçulmana:

Obama, seu imbecil, a Irmandade Muçulmana está matando os egípcios, então como é que eles podem garantir para você a segurança de Israel?

Ei, Obama, você negocia com a Irmandade Muçulmana, e tem tido prejuízo.

Obama, seu idiota, fique sabendo que a Irmandade Muçulmana não é o Egito. E se você não acredita nisso venha para a Praça Tahrir."

O País está um completo caos há dois anos, fruto da chamada "Primavera Árabe". Abaixo a violência de ontem no Cairo:



Não se pode confiar em Obama, ele não está do lado daqueles que querem realmente democracia e justiça. Ele já tinha mostrado nisso quando os iranianos se levantaram contra o regime ditatorial do país. Os egípcios deveriam saber disso.

Rezemos pelos egípcios.


(Agradeço a foto do cartaz e o vídeo ao site Weasel Zippers)

Um comentário:

FireHead disse...

Tenho que falar disto no meu blogue. Obrigado pela partilha.

Aquele abraço.