sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Vaticano declara que o Papa "Não Aboliu o Pecado"


Há algo de muito errado, quando o porta-voz do Vaticano precisa dizer ao mundo que o Papa Francisco não aboliu o pecado. Por que o Vaticano precisou fazer isso? Abolir o pecado seria rasgar a bíblia, seria dizer que o Diabo é bonzinho, seria dizer que Deus não existe, consequentemente para que serveria a Igreja?

O Vaticano precisou dizer isso, infelizmente, por uma confusão provocada pelo próprio Papa Francisco.

Recapitulando o caso: o próprio Papa Francisco procurou o ateu Eugenio Scalfari para dar uma entrevista. A entrevista foi publicada com erros doutrinários tamanhos (especialmente um sobre consciência) e também com erros históricos (como a fala sobre oração antes de ser eleito papa), que gerou uma confusão enorme. O Vaticano então declarou que as palavras do Papa publicadas não eram exatamente as que disse a Scalfari. Mas a confusão continou depois que a entrevista foi publicada no próprio site do Vaticano. O Papa mandou tirar do site.

Acontece que, a partir da entrevista, Scalfari ficou famoso mundialmente. E ele viu a chance óbvia de ganhar dinheiro, e continuou escrevendo sobre as opiniões do Papa Francisco.

Scafari escreveu no dia 29 de dezembro passado que o Papa Francisco tinha feito uma revolução, o Papa tinha abolido o pecado. Aquela frase do Papa Francisco no avião do Rio para Roma, quando ele falou "quem era ele para julgar os homossexuais" deve ter ajudado a Scalfari.

Daí, no dia seguinte,  temos a necessidade do porta-voz do Vaticano negar que o Papa tinha abolido o pecado.

Que o Papa Francisco entenda melhor como o mundo funciona, antes de procurar quem não deveria.

Rezemos por ele.

(Agradeço as informações ao blog do Padre Z)

2 comentários:

Lura do Grilo disse...

Este papa de vez em quando mete "argoladas" como dizemos aqui em Portugal.

Pedro Erik disse...

Na sei bem o que isto significa, caro Lura do Grilo. Mas tenho a impressão que argolada é algo como dizer que o Papa se mete em encrencas desnecessarias.

Hoje então vi outra argolada.
O Vaticano teve de negar que o Papa apoia casamento homossexual. Veja no site Pewsitter.com ("Vatican forced to issue another denial on gay families).

Obrigado pelo comentário.

ICXC NIKA
Rezemos pelo Papa

Abraço
Pedro Erik