segunda-feira, 7 de julho de 2014

Um Cientista deve ser ateu? Ou Seria Estúpido ser Ateu?


Você gosta de física (cosmologia) e também de teologia? Fica se perguntando porque alguns cientistas famosos, como Stephen Hawking, são ateus, enquanto outros também
famosos não são (como Newton, Eisntein e Christian Anfisen (nobel de química)? Fica pensando na relação entre a Bíblia e a ciência?

Descobri hoje um blog de um físico católico que vai explicar os limites da ciência e as críticas que Hawking recebeu.

Mas alerto que o texto é mais indicado para quem gosta de matemática e de preferência já estude física. Além disso, você deve saber inglês. Perdão, mas exigira um tempo enorme de mim para traduzir estes textos e eu não sou físico.  O autor do blog, professor Bob Kurland, irá escrever sete artigos mostrando a necessidade de metafísica para a física.

Vou traduzir aqui (em azul) apenas três frases que Kurland colocou para ilustrar seu primeiro post. A primeira é de Hawking, a segunda é do físico John Lennox de Oxford e a terceira é do vencedor do nobel de química Christian Anfisen.

The laws of nature themselves tells us that not only can the universe have popped into existence like a proton and have required nothing in terms of energy but also that it is possible that nothing caused the big bang. ” Professor Steven Hawking (Discovery Channel broadcast). - "As próprias leis da natureza nos dizem que não apenas o universo pode ter sido criado do nada como o próton e não ter requerido nenhuma energia mas também que é possível que nada tenha causado o big bang. Professor Stephen Hawking (Discovery Channel)
But contrary to what Hawking claims, physical laws can never provide a complete explanation of the universe. Laws themselves do not create anything, they are merely a description of what happens under certain conditions.” Professor John Lennox (Mathematics and Philosophy of Science, Oxford University). - Contrariamente ao que Hawking diz, as leis da física não podem prover uma explicação completa do universo. As leis por si só não criam nada, elas meramente descrevem o que acontece sob certas condições - Professor John Lennox (Departamento de Física e Matemática da Universidade de Oxford)
I think that only an idiot can be an atheist! We must admit that there exists and incomprehensible power or force with limitless foresight and knowledge that started the whole universe going in the first place.” Professor Christian Anfinsen (Nobel Prize for Chemistry), quoted in Cosmos, Bios and Theos. - Eu acho que só um idiota pode ser ateu! Nós devemos admitir que existe um poder ou força incompreensível eterna sem limite de conhecimento que iniciou todo o universo desde o início. Professor Christian Anfisen (Prêmio Nobel de Química).
--
Leiam o primeiro post de Kurland, para ter uma ideia da profundidade do tema.


(Agradeço a indicação ao site Big Pulpit)

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá amigo!
Assim como um mau devedor desejaria que seu credor não existisse, o pecador impenitente também deseja que Deus não exista, a fim de não se arrepender de seus pecados.
Ouvi essa frase num vídeo da Montfort há muitos anos e nunca me esqueci. É a mais pura verdade.
Um abraço,
Gustavo Silveira.

Pedro Erik disse...

É verdade, Gustavo. Por isso mesmo muita gente inclusive padres diz que o inferno ou o demônio não existe.
Abraço
Pedro Erik