quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Cardeais Africanos se levantam em Defesa da Família Tradicional


Mais um livro foi lançado em defesa da família tradicional, no momento em que se aproxima o sínodo da família, no qual alguns cardeias querem liberar casamento e comunhão para gays e divorciados.

Como diz Sandro Magister, no ano passado 5 cardeais se levantaram escreveram um livro contra tentativas de mudança na definição de família. Esse ano, mas são mais de 20 cardeais/arcebispos que se levantam. Eu já falei aqui de um livro escrito por 11 cardeais, agora aparece um outro livro escrito também por cardeais, sendo que são apenas da África (imagem do livro acima). Esse livro contém também 11 autores, sendo 7 cardeais e o restante é bispo ou arcebispo da África.

Magister selecionou algumas partes do livro que critica fortemente o documento do Vaticano que estimula o debate do sínodo ( chamado de Lineamenta).

As partes que Magister escolheu do livro dizem que a Igreja parece querer voltar ao tempo de Moisés que foi criticado por Cristo por permitir o divórcio e que a Igreja está gerando muita confusão.

Vejamos as partes do livro mostradas por Magister:

- "A PERPLEXING POINT"

"In paragraph 14, the document seems to insinuate that insisting on the indissolubility of marriage would be synonymous with subjugating persons, and it gives the impression that it takes the mosaic model for granted, since, it says, Jesus himself refers to it. Are we supposed to return, then, to the era of 'hardness of heart' in the pre-Gospel period?…".

- "UNACCETTABLE, SCANDALOUS POINTS"

"From the perplexing, we move on to the unacceptable. Could it be that the document, in paragraph 27, is advocating trial marriage as a path to be followed? […] In many regions of Africa where customs prescribe an 'indissoluble traditional marriage' – one that is therefore more stable than civil marriage – the local Church is not even authorized to use such language. If she did, not only would she ruin her pastoral ministry to families, but she would also be in contradiction with the Gospel and would scandalize the pagans…".

- "THE RESULTS OF CONFUSION: SET GOD AND DOCTRINE ASIDE, AND YOU CREATE MAJOR PASTORAL CONFUSION"

"It is astonishing that the same document that clearly notes in paragraph 5 that there is a 'crisis of faith, witnessed among a great many Catholics, which oftentimes underlies the crisis in marriage and the family' draws no conclusions from that fact. Why does it not say that the first challenge to address is the crisis of faith? Why does it seek, in paragraph 33, in one particularly disconcerting perspective, to proceed to renew the Church’s way of speaking about situations that are objectively contrary to the Gospel as though it were merely a matter of 'words' or 'language'?…".


Rezemos por esses cardeais que lutam em defesa de Cristo, dentro da própria Igreja.


6 comentários:

Anônimo disse...

Olá Pedro,

Estou com os Bispos e Cardeais Africanos e todos aqueles que defendem o ensinamento de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Veja essa: (http://www.foxnews.com/opinion/2015/08/28/call-me-ze-not-university-wants-everyone-to-use-gender-inclusive-pronouns.html). Estão querendo mudar até querendo impor pronomes de gênero.

Tempos tristes, estes nossos. Guardemos a fé.

Viva Cristo Rei !!!

Emanoel

Pedro Erik disse...

Pois é, meu caro, Emanoel. Hoje não se sabe mais nem o que significa homem e mulher. Quatro séculos de relativismo "iluminista" no seu auge.

Abraço,
Pedro Erik

rui disse...

BANDALHEIRA: pessoal que não se preocupa com a construção duma sociedade sustentável (média de 2.1 filhos por mulher)... critica a repressão dos Direitos das mulheres... todavia, em simultâneo, para cúmulo, defende que... se deve aproveitar a 'boa produção' demográfica proveniente de determinados países [nota: 'boa produção' essa... que foi proporcionada precisamente pela repressão (+- úteros ambulantes) dos Direitos das mulheres - ex: islâmicos]... para resolver o deficit demográfico na Europa!?!?!
.
.
Todos diferentes, todos iguais!...
---> Isto é: TODAS as identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta!...
{nota: Inclusive as de 'baixo rendimento demográfico' (reprodutivo)!... Inclusive as economicamente pouco rentáveis!...}
---> Uma NAÇÃO é uma comunidade duma mesma matriz racial onde existe partilha laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
---> Uma PÁTRIA é a realização de uma Nação num espaço.
Leia-se:
- os 'globalization-lovers' que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa!
.
P.S.
Nazismo não é o ser 'alto e louro', bla bla bla,... mas sim... a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!
-> Existem 'globalization-lovers'... e existem 'globalization-lovers' nazis - estes buscam pretextos para negar o Direito à Sobrevivência das Identidades Autóctones.
.
P.S.2.
Devemos estar preparados para a CONVERSA DO COSTUME dos nazis made-in-USA [nota: estes nazis provocaram holocaustos massivos em Identidades Autóctones]: «a sobrevivência de Identidades Autóctones provoca danos à economia…»
[Nota: é preciso dizer não ao nazismo democrático e sim ao separatismo, isto é: é preciso dizer NÃO àqueles que pretendem determinar/negar democraticamente o Direito à Sobrevivência de outros.]
.
P.S.3.
http://separatismo--50--50.blogspot.com/
(antes que seja tarde demais)

Anônimo disse...

Olá amigo,
Certamente o relativismo iluminista está no auge. Mas pior que isso é a apostolicidade da Igreja estar em ruínas.
Dada a situação atual, somente um milagre de grandes proporções para a tormenta passar.
Permaneçamos juntos em oração. Reze por minha família.
Cordialmente em Cristo,
Gustavo.

Pedro Erik disse...

Rezarei sim por sua família, meu amigo.
Que Nossa Senhora a proteja.
Abraço
Pedro Erik

Adilson disse...

Olá, Pedro.

Até quando o papa Francisco vai ficar sem dar uma resposta a essa situação da Igreja? O que ele está esperando? Será, meu Deus, que nosso papa vai continuar nesse comportamento em que a mídia esquerdistas e os inimigos da Igreja fazem as mais diversas conclusões, enquanto o Catolicismo vai sendo atacado diariamente e teus os católicos desanimados?

Abraço