quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Dois Garotos Muçulmanos nos EUA


Um garoto de apenas 14 anos, muçulmano de nome Mohamed, foi preso por ter feito um relógio amador e a escola achou que era uma bomba.

Pronto, deu-se a largada para os esquerdistas. Obama convidou o garoto para a Casa Branca. E Hillary Clinton já declarou que os Estados Unidos é islamofóbico.

Ontem mesmo eu falei de outro garoto, de 15 anos, que foi preso pelo FBI nos Estados Unidos por planejar matar o Papa Francisco, inspirado no Estado Islâmico. A mídia ficou em silêncio. Mas amanhã deve sair fotos do Obama com o garoto do relógio.

É terrível termos um garoto preso por fazer um relógio, é sim. Mas não se pode culpar os professores nem a sociedade americana por isso. Afinal, eles são o principal foco do terrorismo islâmico mundial. Os terroristas consideram os Estados Unidos como o Grande Satã, algo que esquerdistas do mundo todo concordam.

O site Weasel Zippers lembrou que Obama não chamou um garoto na Casa Branca quando ele foi suspenso por fazer um simples em forma de arma. Não chamou porque Obama defende o desarmamento da sociedade, e a Constituição americana não permite isso. Obama é de Chicago, terra do desarmamento nos Estados Unidos, mas também de maior número de assassinatos do país. O desarmamento não funciona, como nós brasileiros sabemos, mas a ideologia persiste. Um garoto fazer um simples bolo em forma de arma, pode ser considerado uma idolatria às armas, algo detestável para Obama.

Ai, minha Nossa Senhora, os Estados Unidos ficou muito estúpido sob Obama.

4 comentários:

Adilson disse...

Boa noite, nobre Pedro.

HOuve um tempo que eu achava que a esquerda dos EUA, especialmente os democratas, era estúpida. HOje, todavia, creio que é bem mais que isso: a esquerda americana é perversa e asquerosa, pois foi tomada pela ideologia socialista. Especialmente depois que George Soros colocou muito deles, o que inclui Obama, em sua folha de pagamento. O finado Reagan já tinha percebido que o partido da maluca de Hilary já tinha se tornado um covil de comunistas, e foi isso que o motivou a abandoná-lo. É...os democratas já se comportaram como pessoas decentes no passado; Obama é a síntese do que restou daquele partido.

Rezemos muito pelos americanos.

Abraço.

Adilson disse...

Mais uma vez...

Ah, esqueci! Eu ficaria muitíssimo feliz se você postasse algo sobre o andamento das prévias para as eleições presidenciais dos EUA, especialmente sobre os republicanos que estão na frente. Também gostaria que você nos informasse sobre o perfil de Ted Cruz e do Carlson.

Abraços.

Pedro Erik disse...

Verdade, amigo, Obama é síntese do extremismo de esquerda que hoje está o partido democrata.
Abraço,
Pedro Erik

Pedro Erik disse...

Ainda não estou prestando muita atenção. Trump ainda domina, ele traz alívio contra o politicamente correto, mas parece-me raso.
Não vi muito de Carlson e Cruz ainda.
Depois presto mais atenção.
Sinto falta de Santorum.
Abraço,
Pedro Erik