terça-feira, 1 de março de 2016

Por que os Evangélicos são Mais Católicos que os Católicos?


No Brasil, quem luta mais contra o casamento gay e o aborto? Evangélicos ou Católicos? Quem condena mais o divórcio? Evangélicos ou Católicos? Quem frequenta mais cultos cristãos? Quem conhece mais sua própria religião? Quem lê mais a Bíblia?

Vendo a pesquisa acima, Dr. Taylor Marshall discutiu por que os evangélicos são mais católicos que os católicos. Isto é, por que os evangélicos seguem mais os preceitos da Igreja Católica do que os católicos?

A pesquisa faz três perguntas:

1) É aceitável casais decidirem não ter filhos?

2) É aceitável morar junto antes do casamento?

3) O casamento gay é aceitável?

Em termos do que diz a Bíblia, os evangélicos ganham dos católicos nas perguntas 2 e 3.  São os evangélicos brancos que mais são contra morar junto e o casamento gay. Os católicos verdadeiros (aqueles que frequentam as missas) ganham na pergunta 1, são os que mais condenam os casais que decidem não ter filhos.

Os dois grupos que mais pensam contra o ensinamento cristão que brota da Bíblia são ateus e ex-católicos (ou apenas culturalmente católicos).

Por pergunta:

- Os grupos que acham mais aceitável decidir não ter filho são ateus, protestantes não evangélicos e ex-católicos.

- Os grupos que acham mais aceitável morar junto são ateus e ex-católicos.

- Os grupos que mais aceitam casamento gay são ateus, "culturalmente católicos" e ex-católicos.

Em resumo, ateus e aqueles que passaram pelo catolicismo são os que mais pensam contra o que defende a Bíblia (Cristo).

Eu costumo dizer que o grupo mais extremista contra o catolicismo são ex-seminaristas, muitos deles degeneram muito fortemente. Não quero dizer com isso que todo ex-seminarista é terrível, claro que não (conheci alguns bons e fiéis à Igreja), mas é muito comum eles degenerarem contra a Bíblia. O maior espião nazista contra a Igreja na época do nazismo foi um ex-seminarista, chamado Albert Hartl. Recentemente, morreu o escritor Umberto Eco. Ele não foi seminarista, mas era bem católico quando jovem, de fazer parte de campanhas católicas e escrever sobre São Tomás de Aquino. Eco degenerou para o completo ateísmo e condenação da filosofia e teologia católica e escreveu sempre contra a Igreja e sobre como derrubar os ensinamentos da Igreja. 

Esses casos de ex-seminaristas nos remetem a Lúcifer. Ele era líder das hostes celestes, "carregava a luz".

Marshall diz que a razão de evangélicos defenderem mais o que a Bíblia defende é simples. Evangélicos leem mais a Bíblia.

O Papa João Paulo II disse que os brasileiros são apenas "culturalmente católicos" e não católicos de verdade. Os católicos brasileiros não conhecem a Bíblia, nem o que pensa a Igreja. Daí, tenho certeza que eles aprovariam com louvor todas as três situações das perguntas.

---
Por outro lado, nós católicos temos a força da Verdade (histórica e espiritual), dos santos e de Cristo.

E por vezes assustamos os evangélicos com nossa força.

Por exemplo, certa vez eu vi um anúncio interessante de um blog. Eu me interessei, comecei a lê-lo e achei-o bem interessante. e muito bem escrito. Chamava-se Devil's Blog, se não me engano, e falava do mundo do ponto de vista do diabo para alertar aos cristãos sobre os erros do mundo. O blogueiro não era católico e achava que a maioria dos seus leitores iam ser de evangélicos, e acabou descobrindo que fazia muito sucesso entre aqueles que ele detestava, os católicos. Ele acabou fechando seu blog.

Vamos ler a Bíblia e procurar o magistério da Igreja para aprendermos e ensinarmos aos nossos irmãos.

4 comentários:

Vic disse...

... Vamos ler a Bíblia e procurar o magistério da Igreja para aprendermos e ensinarmos aos nossos irmãos.
Essa frase diz tudo para combater o relativismo, normal entre as facções protestantes que se arrebentam entre si.
As observações sobre os comportamentos me pareceram bastante razoaveis, mas os protestantes lêm a biblia, mas dela extraem apenas o que julgam interessante ou conveniente, daí formando as 10 001 seitas.
"Os filhos das trevas são mais espertos em seus negocios do que os filhos da luz. Lc 16,8.
Essa frase é atualíssima nos dias de hoje, a cada dia mais ela fica evidente. Os filhos das trevas arranjam qualquer meio para fazer o mal aos outros, e são brilhantes em suas empreitadas para maquinarem o mal.
Enquanto isso, os filhos da luz sempre arranjam desculpas para fazerem o bem, e quando aos trancos conseguem, os filhos das trevas já se adiantaram bastante nas trapaças deles!

Pedro Erik disse...

É verdade, caríssimo Vic. Como eu li certa vez, os filhos das trevas não dormem.
Rezemos.
Abraço,
Pedro

Claudio Elias Do Nascimento disse...

Muito lindo esse blogger é uma realidade em nossos dias...

Pedro Erik disse...

Obrigado, Cláudio.
Abraço,
Pedro