quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Minha Luta em Defesa de Cristo Contra Pais e Mães de Escolas Católicas


Vou contar a vocês o que aconteceu comigo recentemente. Não vou falar o nome da escola católica, simplesmente porque o problema não foi com a escola e sim com os pais e mães de filhos que estudam nessa escola.

Faço isso para ajudar a todos que lutam diariamente para que a escola de seus filhos ensine o que Cristo ensinou. Para mostrar que vocês não estão sozinhos. Eu faço parte desse grupo, que sofre, mas também vence em Cristo.

O caso foi o seguinte.

A escola católica dos meus filhos anunciou o reajuste das mensalidades para o próximo ano. E o reajuste foi muito elevado.

Então começou um debate entre os pais para que se juntassem contra esse reajuste abusivo.

Decidiu-se formar um grupo no Whatsapp e também manter contato por email.

Minha esposa inicialmente tomou a frente na participação do grupo. Lá pelas tantas, ela me pediu que eu fizesse um esboço de carta para ser entregue na escola, comparando o reajuste com a inflação e mostrando como esse reajuste era prejudicial aos pais em um momento de crise econômica do país.

Assim eu fiz. E a minha esposa me adicionou ao grupo no Whatsapp.

A carta ficou pronta.

Daí, uma pessoa do grupo tomou a frente na escola e a escola pediu que além de falar do reajuste, o grupo de pais também fizessem sugestões para a escola.

Essa pessoa disse que as sugestões deveriam ser enviadas para o email dela e não colocadas no Whatsapp.

Bom, a minha sugestão foi que a escola preservasse o ensino católico nos seus livros e professores. 

Pois para mim os conteúdos técnicos podem ser obtidos na grande maioria das escolas e até sem as escolas, pela internet. Mas a moral cristã só pode ser exigida em escolas denominadas cristãs, em especial em escolas católicas.

Sobre os professores, eu disse que um homem que se veste de mulher ou se comporta como mulher para dar aula ensina coisa muita errada sem abrir a boca. Assim, os professores devem preservar a linha católica em salas de aula.

A pessoa que recebeu meu email reagiu. Disse que não compartilhava de minha opinião, que a escola deve ser pluralista e que não ia defender minha opinião no grupo.

Eu disse a ele que escolas pluraristas são a maioria das escolas e muitas escolas pluralistas sao bem melhores que a escola católica em assuntos técnicos como inglês e matemática. E tambem que eu pedia apenas que a escola que já é católica siga sendo católica.

Além disso, eu disse a ele que defenderia meu argumento em qualquer lugar em qualquer momento, pois foi assim que Cristo ensinou pois Ele nunca se preocupou com o que a maioria pensa.

Ele disse que colocaria a minha sugestão dizendo se tratar de uma sugestão apenas de uma família.

Eu disse que aceitava, mas afirmei que todas outras sugestões também não são de todos, uma vez que, por examplo, os meus filhos ainda são bem pequenos e nem estudam matemática ou inglês ainda.

Em todo caso, eu aceitava ele ser injusto comigo se deixasse a minha contribuição na lista de sugestões. Bom, ele colocou o meu pedido na lista de contribuições.

Estava tudo bem quando de repente, umas mães (repito mães) ao verem a minha sugestão no Whatsapp resolveram reagir.

Elas disseram que não concordava com a minha sugestão, que a escola deveria ser pluralista, que é assim que o Papa pensa, que não querem que seus filhos sejam "alienados socialmente", nem que seus filhos sejam "radicais" e que eu estava sendo "agressivo".

Repeti pelo Whatsapp o que disse à pessoa que recolheu minha sugestão, e acrescentei que a união homossexual é um dos quatro pecados que "clamam aos céus por vingança de Deus", que a união homossexual é condenada inúmeras vezes na Bíblia, e que eu não estava falando que o professor deveria ser católico, apenas que ele deveria respeitar a Doutrina Católica em seu comportamento e aulas dentro de sala de aula de uma escola que já é católica.

Uma mãe disse que adoraria que o professor do filho dela fosse budista. Eu não disse nada na hora para não piorar o debate. Mas ela não deve saber que no budismo não tem Deus e que o Dalai Lama, por exemplo, tem acusações de pedofilia, e que homossexualismo é comum entre budistas.

Muitas mães usaram o Papa para me atacar.

Continuei defendendo meu ponto. E estava sozinho entre 30 mães e pais que viam o debate no Wathsapp. Ninguém saiu em minha defesa. No máximo apareceu duas mães dizendo que gostaram do debate.

Até que surgiu a sugestão de que a minha sugestão fosse incluída de forma separada e entregue à escola.

Respondi que aceitava a sugestão e até ficava muito honrado em ter uma sugestão dessa importância para mim relacionada apenas à minha família.

Por fim, eu tive a sorte de que no domingo houve uma manifestação católica contra o casamento gay no México e que o Papa Francisco tinha mandado uma mensagem de apoio (coisa que ele não fez quando ocorreu esse tipo de coisa na Itália).

Daí enviei uma mensagem ao grupo mostrando que o Papa estava do meu lado. Rezemos.

Foi um debate muito difícil e triste para mim, verem pais e mães de alunos não entenderem a importância da escola dos filhos derem ser católica.

No fim, acho que Cristo venceu e a minha sugestão foi levada à escola.

Mas toda vez que você reclamar de uma escola católica, lembre que os pais e mães é que sãoos culpados por não exigir que a escola católica seja católica.

Além disso, eu percebo a todo dia que a enorme quantidade de brasileiros  "católicos" não são Católicos.

Rezemos e continuemos a luta, por nossos filhos, por Cristo.

16 comentários:

Anônimo disse...

Meu amigo,
Parabéns pela bravura. O politicamente correto está acabando com tudo: família, religião, sociedade... Isso fica muito claro no seu relato: ter que lutar para que uma escola católica seja... católica! Idem nas PUCs...
Seria muito bom se o governo tirasse suas garras de cima das famílias e liberasse o homeschooling. Seria um alívio para nós pais.
Que Nossa Senhora o fortaleça. Conte com nossas orações.

Cordialmente,
Gustavo.

Pedro Erik disse...

Amém, meu amigo Gustavo. Obrigado. Preciso de todas orações.

Que Nossa Senhora também proteja você é sua família. E minhas orações também.

Abraço,
Pedro

Jacyr Augusto disse...

Parabéns Pedro.
Fico feliz por saber que não sou só eu que enfrento este tipo de coisa. Também há outros católicos que passam pela mesma dificuldade.
Não tem sido fácil tentar defender a Doutrina Católica no dia-a-dia.
Que Nossa Senhora continue intercedendo por nós junto a Deus.

Pedro Erik disse...

Amém, Jacyr.
Abraço,
Pedro

Xan disse...

Parabéns! Muito bom saber que temos católicos lutando conosco a mesma batalha! Que Nossa Senhora nos guie, oriente e conduza para que possamos combater o bom combate, completar a corrida e guardar a fé. "Dai-nos oh Virgem Pura, fé, pureza e bravura!"

Anônimo disse...

Parabéns Pedro. Você é um guerreiro, que Deus continue lhe abençoando e que Nossa Senhora do Carmo lhe guarde.
Abraço
Emanoel

Pedro Erik disse...

Amém, meu amigo Xan.
Grande abraço,
Pedro

Pedro Erik disse...

Amém, caríssimo Emanoel.
Que Nossa Senhora nos mantenha na luta e nos proteja.
Abraço,
Pedro

flavio disse...

Vou orar o terço por sua fé hoje Pedro.....
Mas cadê o responsável pela escola....esse tipo de debate dentro da escola nem devia existir. Escola católica pluralista? Kkkk. Eu responderia com deboche: Só o dia que a torcida Gaviões da Fiel aceitar torcedores do Palmeiras e são paulinos....

Pedro Erik disse...

Que honra,meu amigo, ter um terço ofertado a mim.
Muito obrigado.
Incluirei você e sua família no meu terço.

Sobre a escola,Flavio, infelizmente suspeito que a escola fuja desse debate como demônio da cruz, para evitar tomar posição.
Pelo menos, no entanto, quando eu reclamei de um livro,eles prontamente tiram de uso.

Abraço,
Pedro

Pedro Erik disse...

*tiraram de uso

Vic disse...

A sorte sua é que o papa Francisco nessa ocasião salvadora fora politicamente incorreto!
A confusão que tem causado de desentenderem o que o papa Francisco tem ensinado conduzente ao relativismo não é pouca!
Lá em casa é a mesma coisa: o papa Francisco é ótimo, a Igreja não pode "ficar parada no tempo" - e como são algo agressivos, para não tumultuar mais, deixo de lado, apesar de quando em tempo me acusarem só de falar em "condenação, diabo, inferno"...
As familias desde os anos 60, às barbas de nosso episcopado e clero, dormindo no ponto ou coniventes em grande ou em maior parte com os ideólogos, tem aprendido a "religião" nos cultos das novelas e afins da Globo e similares, onde os asseclas de Satã diariamente repassam suas mensagens e doutrinas "edificando a familia e a sociedade"!
Eis pois aís os "católicos" em geral atuais, e com ajuda do papa Francisco com sua "tolerancia às diversidades, acolhimento, respeito, saber conviver com as diversidades, assim como ninguém poder ser condenado por não ser a lógica do Evangelho", dentre mais, basta imaginar para que onde estão sendo tangidos os incautos...
Tudinho do jeito que o diabo mais aprecia! Talvez v quereria é estar sendo "católico demais"...
NB: começam a surgir varios abaixo-assinados para retificação da A laetitia etc.; os leigos começar a perder a paciencia, valerem-se do DC 212, serem acusadores, com centenas de bispos e sacerdotes e teólogos leigos de relevo; resta saber se serão acolhidos, como em:
ripostecatholique: "AVEC UNE ARDENTE PRÉOCUPATION; NOUS ACCUSONS LE PAPE FRANÇOIS"

Pedro Erik disse...

A minha esposa falou a mesma coisa, Vic, tive muita sorte com o caso do Papa no México.

Viva o México! Viva Cristo Rei! hehe

Abraço,
Pedro

Adilson disse...

Pedro, meu nobre. A postagem de hoje é simplesmente magnífica por um lado, mas triste por outro, pois é a pura realidade das escolas ditas católicas de hoje.

Digo magnífica por comprovar o que você diz: "vocês não estão sozinhos". Achei que algo assim jamais acontecesse a alguém como você. É! Há sim uma repulsa ao catolicismo e praticada pelos ditos católicos. Meus filhos não estudam em escola católica, pois não posso pagar. Todavia, conheço muitos católicos que confirmam suas palavras e acrescentam: as escolas católicas de 'católicas' só têm o nome.
Também digo que a postagem é também triste porque confirma a imensa cratera religiosa na qual se encontram os católicos. Isso prova que no seio da Igreja falta catecismo e falta sacerdócio para transmitir a tradição católica aos católicos. E aqui quero acrescentar algo: me parece que os evangélicos fazem mais evangelismo que os católicos catolicismo. Eu já vi jovens evangélicos se levantar contra um "professor" de história que atacou o cristianismo. Foi incrível, pois eram jovens entre 14 e 17 anos. Eu já tinha deixado o protestantismo e a cena me entristeceu, pois eu não via tamanha coragem entre os católicos.
Enfim! Parabéns por tua coragem e exemplo, e certamente te imitarei. Nossa Senhora te ampare! Cristo seja contigo! Como diz o sacerdote na Liturgia: Dominus Vorbiscum!

Pedro Erik disse...

Muito obrigado, meu amigo Adilson.
Amém para Cristo.
Sua luta certamente é ainda mais dura que a minha com filhos em escolas seculares.
Deus abençoe você e sua família.
E você tem razão, os evangélicos têm defendido Cristo com mais força, infelizmente.

Grande abraço,
Pedro Erik

Vic disse...

O COLEGIO PEDRO II-RJ É UM EDUCANDARIO OU ALIENAÇÃO AO QUERER IMPOR SAIA PARA TODOS?
Já não bastam as perversas e devassas SEXO-NOVELAS DA GLOBO E SIMILARES, BBBs e mais que são AS CENAS QUARTO DE MOTEL EM SEU LAR - ou seja, a clic, v e sua familia se assistem a elas, fazem diariamente UM TOUR NA BOEMIA!
A ordem das esquerdas aliadas aos globalistas é relativizar a sociedade e procurar primordialmente DESTRUIR AS FAMILIAS para alienar a sociedade no relativismo, pois uma sociedade cristã não se deixa ser subvertida pelas ideologias ou permite que seja feita refém de um sistema alienante assim como escravagista!
PROTESTEM, BOICOTEM, RETIREM SEUS FILHOS DESSA PORCARIA até que se mudem...
Ou então mudem seus filhos de escola, pois dessa forma, leve-os para se EDUCAREM NOS PROSTÍBULOS, NA BOEMIA - dará com certeza no mesmo!
ALIÁS...
O PRB DO EDIR MACEDO-CRIVELLA, ALIADO DO PT QUE QUERIA FAZER DO BRASIL UMA FAVELA, COMO NA VENEZUFAVELA, APOIAVA O PARTIDO DOS CANALHAS DO PT APOIADORES E IMPLANTADORES DESSA BACANAL E ORGIA JUVENIL!