segunda-feira, 2 de abril de 2012

O Primo do Papa que tinha Síndrome de Down

-

Em 1939, Hitler assinou um documento secreto no qual aprovava um programa chamado Aktion T4. Neste programa, que se inicou em janeiro de 1940,  os médicos estabelecem quem eram os doentes que não poderiam ser recuperados e aqueles paciente que não poderiam se defender. Estes pacientes seriam enviados para um local onde sofreriam testes e seriam mortos.

Os familiares não ficavam sabendo onde estavam os pacientes e apenas recebiam o atestado de óbito. Mais de 70 mil pacientes foram mortos. O programa foi finalizado oficialmente em agosto de 1941, mas alguns médicos continuaram exercendo as diretrizes deste programa. Dentre os mortos pelo Aktion T4 está um primo do papa Bento XVI que tinha Síndrome de Down.

Esta história ainda é relevante nos dias de hoje, quando se discute o programa de saúde nos Estados Unidos, no qual o governo americano quer definir como a Igreja deve se comportar frente a proteção a saúde e mesmo aventou a possibilidade de estabelecer um programa no qual os médicos determinavam até onde iria a proteção de vida dos pacientes, até onde o governo poderia gastar com um paciente. No Brasil, a campanha da fraternidade é sobre a saúde, precisamos do apoio governamental, mas devemos ver os limites da presença do governo

Como diz Clive S. Lewis (frase que está nas minha seleção abaixo), por vezes o governo quer estabelecer uma política que supostamente seria voltada para o bem da população mas no fim representa o domínio de nossa liberdade:

Of all tyrannies, a tyranny exercised for the good of its victims may be the most oppressive. It may be better to live under robber barons than under omnipotent moral busybodies. The robber baron’s cruelty may sometimes sleep, his cupidity may at some point be satiated; but those who torment us for our own good will torment us without end, for they do so with the approval of their own conscience. (De todas as tiranias, a tirania exercida para o bem de suas vítimas pode ser a mais opressiva. Pode ser melhor  se viver sob barões ladrões do que sob onipotentes intrometidos morais. A crueldade do barão ladrão pode às vezes dormir, sua cupidez pode, em algum momento ser saciada, mas aqueles que atormentam-nos para nosso próprio bem vai nos atormentar sem fim, pois faz isto com a aprovação de sua própria consciência.)

Vejam a notícia sobre o Aktion T4 da Rome Reports.



O avanço da medicina permitiu a cada um de nós se comportar como Hitler, decidindo que filho se ter, se observamos que  a criança no ventre não será "normal", jogamos a criança no nosso aktion t4.

2 comentários:

FireHead disse...

A propósito do Hitler, já conhecias esta história?

http://bloguedofirehead.blogspot.pt/2012/01/igreja-catolica-tem-culpa-do-holocausto.html

Pedro Erik disse...

Vou checar, Firehead.

Obrigado.