quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Conflitos do Vaticano Justificam saída do Papa?

-

A diversão de jornalistas hoje é construir teorias conspiratórias para identificar por que o Papa renunciou, pois eles não acreditam na versão oficial. A idéia generalizada é que o Papa renunciou por conta de "conflitos internos", brigas entre os cardeais, etc.

Meu Deus do céu, conflitos internos existem em qualquer agremiação humana, a Igreja não é diferente. Basta saber que existem inúmeros padres que detestam a Igreja, a hierarquia da Igreja, basta ver o caso do Leonardo Boff no Brasil. Outro dia, eu fui a uma missa e o padre citou Boff, elogiando-o na homilia, eu não aguentei e fui à sacristia reclamar da posição dele, pois estava em desacordo com a Igreja, se ele queria se junta a Boff, que fosse homem e deixasse a Igreja. Além disso, existem inúmeros padres esquerdistas (comunistas, socialistas) na Igreja, que substituem Cristo por uma teologia da libertação, basta ver Frei Betto no Brasil, que idolatra Fidel Castro. Há padres que defendem o aborto, há padres que defendem casamento gay, há padres que defendem as mulheres como padres, há padres que defendem terroristas...

Agora, os conflitos não devem ser a causa da renúncia, a começar pelo fato de que todos os cardeais atuais foram nomeados ou por João Paulo II (que era muito próximo teologicamente de Bento XVI) ou pelo próprio Papa Bento XVI.

Além disso, a tradicional resposta de um líder frente a conflitos interno é demitir as "maçãs podres" e fortificar seu poder e não renunciar.

E quais são as justificativas para se renunciar alegando idade avançada? Ora, há muitas. Se os jornalistas se fizessem perguntas simples, iriam identificar que:

1) O Papa Bento XVI, antes de ser Papa, já havia pedido sua aposentadoria ao Papa João Paulo II , e o João Paulo não aceitou.

2) O Papa Bento XVI foi um dos mais velhos a assumir o papado na história, com 78 anos;

3) O Papa já tinha revelado no livro de Peter Seewald, Luz do Mundo, em 2010 que não queria ser Papa se a sua saúde o impedisse de cumprir as demandas da Igreja;

4) O Papa Bento XVI acompanhou de muito perto todo o drama de João Paulo II com seu mal de Parkinson, se mantendo à frente da Igreja.

5) O Papa colocou seu "pallium" papal sobre o caixão de São Celestino V, o último papa a renunciar no ano de 1294. Falei disso aqui no blog

6) O Papa Bento XVI já é mais velho que o Papa João Paulo II quando este faleceu. João Paulo II tinha 84 anos quando faleceu, e o Papa Bento XVI vai fazer 86 anos em abril deste ano.

7) João Paulo II impôs um estilo de governar que exige que os papas façam muitas viagens, escrevam muitas encíclicas, discursos, e estejam presentes em muitas controvérsias pelo mundo. Recentemente, o Papa Bento XVI passou a usar o twitter para se comunicar com o mundo. Cheguei aqui a falar aqui que ele mandou uma mensagem pelo twitter para a Marcha pela Vida nos Estados Unidos em janeiro passado.

8) Além de escrever inúmeros discursos, viajar pelo mundo, o Papa Bento XVI escreveu sua obra prima durante seu papado, a trilogia Jesus Cristo.

9) Olhem para seus pais e vejam qual a condição de saúde deles com 85 anos. O meu faleceu com 72 anos, bem mais novo que o Papa quando este assumiu o papado.

Dito isso, o que sobra é bobagem da imprensa. Ontem, Matthew Archbold  do jornal National Catholic Register fez um brincadeira de um sugestão da CNN.

A CNN fez um editorial dizendo que o próximo papa deve modernizar a Igreja. Quando se diz isso, em suma, se quer que a Igreja aceite o aborto e o casamento gay.

Matthew Archbold fez um ligeira comparação para mostrar se a CNN tem condição de fazer sugestões para a Igreja Católica:

Igreja Católica:
Fundada a 2 mil anos.
CNN:
Fundada em 1980.

Igreja Católica:
Fundada por Jesus Cristo.
CNN:
Fundada por Ted Turner.

Igreja Católica:
Tem 1,2 bilhão de católicos
CNN:
Tem audiência de 388 mil. A pior audiência na TV a cabo dos Estados Unidos.

Personalidade Notáveis da Igreja:
Santo Agostinho, São Tomás, Madre Teresa, São Francisco...
Personalidades Notáveis da CNN:
Wolf Blitzer?

Atual estado da CNN:
Demitindo funcionários por conta de perda de audiência.
Atual estado da Igreja:
Crescendo

Garantias da Igreja:
Contra o Inferno.
Garantias da CNN:
Até a MSNBC ganha da CNN em audiência.

Realizações artísticas da Igreja:
Inspirou Rafael, Michelangelo, da Vinci, Fra Angelico, Gaudí...
Realizações artísticas da CNN:
Nenhuma


4 comentários:

avmss disse...

hahahha a CNN falou em "modernizar" a Igreja?! Esses caras são malucos, e o Presidente da CNBB disse que é preciso "mudar", não sei que mudança é essa que ele está falando. Parece que pra eles tudo tem que mudar a todo momento. Não sabia que o Joseph Ratzinger tinha pedido pra se aposentar quando cardeal, ainda tem a informação de Antonio Socci que mostra que o Papa iria renunciar até antes se não fosse o caso do "Vatileaks". Isso tudo mostra como o nosso Papa foi bastante guerreiro. Que Deus abençoe este grande homem.
Agora, você falando desse tal Leonardo Boff, nem sei o que ele diz, mas já vi a minha mãe com livros de autoria dele, deve ser por isso que ela se afastou da Igreja com um certo rancor e só está voltando mais por mim, quando me crismei. Vou ter um grande trabalho pra fazer a minha família voltar a casa de Deus. Porque aqui as coisas estão muito doidas... nem sei por onde começar.

Abraço

PS: pra te orientar me tornei verdadeiramente católico apostólico romano no ano passado, quando confirmei o meu Batismo pela Crisma, onde tive uma boa catequista. Sou estudante de Ciência da Computação na UFF, por graças não estou cursando nenhuma faculdade de humanas, pois lá está entupida de livros e seguidores de Marx, Antonio Gramsci, Frei Betto e outros "vermelhos", o irônico que agora eles estão usando a cor laranja, deve ser pra não lembrar as milhões de vítimas do comunismo.

Pedro Erik disse...

Grande avmss,

Bem vindo a Igreja, meu caro avmss. Como dizia Chesterton, o primeiro passo para alguém se converter para a Igreja Católica é decidir ser justo com a Igreja, o segundo é estudá-la, o terceiro, é de admiração completa. Geralmente peço para a pessoa seguir pelo menos o primeiro passo, antes de criticar a Igreja.

A minha família é cheia de católicos que nunca leram a Bíblia. Mas pelo menos minha mãe é bastante católica a ponto de dar aulas de catequismo. Eu sou o único da minha família com terceiro grau, e, como doutor, sou um completo estranho.


Grande abraço,
Pedro Erik

avmss disse...

Falando em Chesterton, estou lendo Ortodoxia, e caramba, é muito bom. Vou começar a ler o cap.4-A Ética da Elfolândia, estou lendo com bastante calma e anotando as principais frases, o "problema" é que são muitas hehehe... Já li que vc não tem, nem gostaria de ter facebook, existem mtas bobagens publicadas, mas tem coisas boas tb, por exemplo, agora com a foto do raio caindo sobre a Basílica de São Pedro no dia da renúncia do Papa, escreveram sobre ela os dizeres: "E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.(Mateus 16, 18-19)" Ficou muito bem bolada, dá muita imponência de poder.

abraço

Pedro Erik disse...

Grande avmss,

Chesterton com sua Ortodoxia realmente transformou minha vida. Depois li outros livros como o São Tomás e What is Wrong with World. Tenho aqui na fila de livros, Everlasting Man e a Autobiografia dele. Também acho que para ler Chesterton tem que ser lentamente para entender e ver a profundidade das palavras.

Para mim, ele é o maior escritor do século XX. E, como meu blog defende, deveria ser considerado santo pela Igreja Católica, pelo poder de trazer gente para a Igreja com o belo uso que ele fez das palavras.

Pois é, não tenho facebook, acho que se eu tivesse teria ainda menos tempo para o blog.

Grande abraço,
Pedro Erik