quinta-feira, 26 de março de 2015

Vídeo: Os 125 mil Cristãos (que fugiram) do Iraque. E o Católico que luta contra EI.



Eles estavam lá desde o primeiro século depois de Cristo. É um vídeo impressionante que conta a história de uma era de silêncio dos líderes cristãos banhados de sangue cristão.

O vídeo também conta a história do católico Brett Felton (foto abaixo), soldado veterano dos Estados Unidos, que luta contra o Estado Islâmico. Ele diz de forma brilhante: "Eu estou aqui para servir os cristãos. É uma honra dá minha vida para eles"



Vejam o vídeo abaixo e em seguida parte do relato Joan Desmond sobre Brett, publicado no National Catholic Register.





On March 22, CBS' 60 Minutes provided a report on Iraq's ancient Christian community that is under attack by ISIS.You can watch the segment here.

The Overtime segment included a striking profile of a Catholic U.S. vet, Brett Felton, age 28, who has returned to Iraq to help train outnumbered, outgunned and underfunded Christian militias fighting ISIS north of Mosul.

"I'm not here serving my country. I'm here serving Christians," Brett Felton told 60 Minutes. He returned to his cradle-Catholic faith during a previous tour with the U.S. Army in Iraq and then went back as a volunteer to train the Christian militias. 

He is showing the local militias how to spot suicide vests and move comrades to safety during firefights with ISIS, among other exercises.

Felton told the 60 Minutes team that he understands the danger he faces.

"It would be an honor to give my life" to help Christians facing extinction from ISIS. You can watch the profile of Felton here.

2 comentários:

Adilson J. da Silva disse...

OLá, nobre Pedro.
Maravilha de postagem, isto é, no sentido de nos informar. Deus ainda não abandonou seu povo, e o espírito da Tradição ainda existe e alimenta católicos como esse!

Pedro Erik disse...

É isso, rezemos pelo próprio e por mais Brett Felton.

Abraço,
Pedro Erik