quinta-feira, 18 de agosto de 2016

"Acobertar o Islã é Pior que Acobertar Pedofilia"


O padre Stuart Swetland resolveu debater com o grande católico Robert Spencer sobre o Islã.

O padre defende que o Islã é uma religião de Paz e que os católicos têm obrigação de defender isso, porque supostamente os documentos da Igreja dizem isso e o Papa Francisco também (sobre o Papa é verdade).

Obviamente que Spencer desmontou os argumentos de Swetland.

O Padre Z traz o relato do debate e descreve os erros do Padre Swetland.

E coloca uma frase perfeita de William Kilpatrick: "O acobertamento dos crimes do Islã por padres, bispos e até o Papa Francisco é mais escandaloso do que o acobertamento dos crimes de pedofilia."

Vejam relato do debate no site do Padre Z 


3 comentários:

Vic disse...

OU TENTAR TAPAR SOL COM PENEIRA!
Com respeito, dever-se-ia discordar do papa Francisco!
Não entendo por que dizer que o Islã é pacífico, pois ele mesmo, por guerrear contra o cristianismo desde as suas origens, por cerca de 1400 anos, nunca desejar senão o desafiar e tentar impor essa "religião" hoje à bala, a níveis de Baal, Moloc etc., dispensam-se comentarios.
Eles entendem esse gesto como sintoma de fraqueza do Ocidente - dhimmi!
Não tenho a menor ideia do por que de o papa Francisco dizer isso do Islã!
Nos anos 90, D Lefebvre advertia de receber o Islã e o papa Bento XVI era arredio a ele, com toda razão!
Se eu fosse presidente, rejeitaria o Islã e faria o possível em retirar os cristãos das feras!

Adilson disse...

A única parte boa nessa notícia é que o dr. Spencer é um católico. É triste vermos o que está acontecendo. É triste vermos padres completamente intelectualmente despreparados e ainda por cima arrogantes e tentando demonstrar o que não possui. Pura hipocrisia. É profundamente triste, pois isso nos traz muito medo, ao menos a mim, que sou pai. Que mundo deixarei para meus filhos e consequentemente para meus netos? Isso realmente me atormenta. Certa vez um católico me disse algo assim: "quando há problemas na Igreja Católica, logo as coisas ao redor dela parecem ruins". De fato. Nosso atual papa é uma pessoa totalmente confusa e sem profundidade intelectual. Nem mesmo o silêncio, virtude tão comum em muitos santos da Igreja, se percebe nele. Enquanto milhares de irmãos e irmãs, incluindo crianças, são mortos de forma terrível, vemos o papa demonstrando alegria e passividade diante de jornalistas. Ele foi incisivo contra Trump acerca de muros (apenas muros), mas não tem sido incisivo quando se trata de cristãos mortos, incluindo sacerdotes. Meu Deus! O que é isso?! Concluo este meu comentário com o seguinte: é tempo de rezarmos, educarmos os filhos, preparar suas mentes para tais coisas e falarmos da Igreja olhando para o passado. Citando os santos e falando das escrituras e lendo-as com eles. Creio que o reino do anticristo está diante de nossos olhos e, infelizmente, vemos milhares de clérigos e fiéis católicos como que com os olhos fechados. É triste vermos pessoas não católicas e protestantes percebendo tais coisas e mais bem informadas que aqueles que deveriam (e até recebem para isso) alertar os cristãos. Rezemos rezemos rezemos. Deus tenha piedade de nós, pois não há mais como ficarmos tranquilos diante de tudo isso.

Pedro Erik disse...

Sensacional comentário, muito obrigado, meu amigo.
Abraço,
Pedro