quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Hillary Clinton: Advogada de Estuprador e aceita o Pai do Terrorista dos Gays.


Hillary Clinton se diz defensora das "minorias", mas vejamos dois fatos vistos ontem e hoje.

A mídia mundial não quer saber, o que vale são as gafes do Donald Trump, mas a minha lista de sites trazem duas histórias de Hillary Clinton.

A mais comum é a da foto acima. O cara de boné na foto durante um discurso de Hillary Clinton da semana passada é o pai do terrorista da boate gay de Orlando. Esse cara, chamado Seddique Mateen, é defensor do Talibã no Afeganistão e diz que os gays devem ser mortos. Mas segundo ele mesmo, o Partido Democrata de Hillary convidou ele para ficar bem próximo de Hillary durante o discurso dela na Flórida.

Quando a foto foi divulgada, a assessoria de Hillary Clinton, não quis comentar. 

Não sou fã de Trump, mas a mídia defende Hillary escancaradamente. Se a foto fosse de Trump com Mateen iria ser condenado com fervor no Jornal Nacional 

Como pode isso acontecer em uma cerimônia em que a própria Hillary condenou o ataque aos gays?

Agora, o segundo caso que vi hoje,

O primeiro caso de Hillary Clinton como advogada foi defender um estuprador de uma criança de 12 anos, a menina se chamava Kathy Shelton e hoje quando vê a cara de Hillary na televisão tem vontade de agarrar Hillary e bater nela.

O jornal Daily Mail relata o caso 40 anos depois e traz o vídeo abaixo em que a própria Hillary Clinton descreve o caso rindo de como conseguiu livrar o estuprador de prisão perpétua para apenas dois meses de prisão.

Para fazer isso, Hillary atacou a menina de 12 anos dizendo que ela tinha imaginado o estupro.

Vejam o relato sorridente de Hillary abaixo.



Leiam o relato de Shelton e vejam até onde Hillary foi para livrar seu cliente.

Não me venham com o papo de que advogado é assim mesmo. Se eles fazem isso contra crianças o que não poderão fazer?



3 comentários:

Vic disse...

A EXPLICAÇÃO PARA O CASO HILLARY É FÁCIL!
Como toda comunista, é boa atriz, entende de encenação no palco, tem esterco marxista fétido na cabeça, e as bacterias virulentas componentes desse estrume causam transtornos mentais, levando rapidamente á psicopatia e a outros disturbios de comportamentos, caso Hillary.
Confira como seu caráter degradado se parece com o de Dilma, Lula, JEC, Gleisi, Lindbergh...

Adilson disse...

Acabei de ver um trecho do jornal nacional (do W.B) que só sabe mentir contra os republicanos (com o maior cinismo) para o Brasil, como se os brasileiros fosses compostos apenas de burros. Chega a ser assustador e uma coisa de doentes mesmo! O jornalista que apresentou a matéria além de distorcer a fala do Trump, fez questão de informar que a Hilary não havia convidado o pai do terrorista! Bem, o fato de vermos o pai do terrorista e os telespectadores da Hilary tão à vontade, já é algo bem tenebroso entre o eleitorado dela!

FireHead disse...

Saquei esta posta para o meu blogue. Obrigado. :)

Abraço.