terça-feira, 9 de julho de 2013

Igreja Anglicana Pede Desculpas por Pedofilia


A Igreja Anglicana pediu desculpas formais pelos casos de pedofilia da Diocese Chichester. Dois pastores da Igreja, Roy Cotton e Colin Pritchard, abusaram sexualmente de muitas (several) crianças nos anos 70 e 80. O relatório da Igreja apontou um número apavorante de ações "disfuncionais".

O bispo Paul Butler (foto acima) leu uma declaração das vítimas dos abusos que pede um inquérito público para descobrir o número de vítimas e saber como a Igreja Anglicana agiu.

Em resposta ao relatório, o arcebispo de Canterbury, líder da Igreja Anglicana, Justin Welby, e o Arcebispo de York, John Sentamu, fizeram seus próprios pedidos de desculpas pela "maldade indivídual por parte dos agressores" e graves falhas por parte da Igreja em ouvir corretamente e proteger as crianças. Disseram que o sofrimento das vítimas será fonte de vergonha e tristeza por anos.


Eu já falei aqui dos casos de pedofilia das crianças que se tornam atores e atrizes em Hollywood.Recentemente eu li que o cantor Michael Jackson abusou sexualmente de pelo menos 24 crianças.

E também ja falei aqui que dentro das universidades há professores querendo liberalizar a pedofilia, torná-la normal, o que é terrível.

Como se sabe, há casos de pedofilia dentro de inúmeras instituições (religiosas ou não) e o grande número de casos ocorrem dentro das famílias.

Mas o mundo por vezes parece supor que é apenas na Igreja Católica, simplesmente por ódio a verdadeira Igreja de Cristo.

Rezemos pelas vítimas.


(Agradeço a informação ao blog do Firehead)

2 comentários:

FireHead disse...

Amigo, não há nada que agradecer; estás completamente à vontade. :)

De facto a perseguição feroz à Igreja Católica apenas demonstra que ela é a única verdadeira Igreja de Cristo.

Aquele abraço.

Pedro Erik disse...

Continue o ótimo blog, grande FireHead.

Obrigado.

Abraço,
Pedro Erik