terça-feira, 12 de abril de 2011

Jesuítas Pró-Aborto e Jovens Pró-Vida?



Tenho duas notícias, uma péssima e a outra ótima. Começo pela péssima. Nada me entristece mais do que ver católicos, especialmente jesuítas (símbolo acima), sendo vistos do lado errado, do lado da morte, defendendo ou protegendo quem realiza abortos, contradizendo o ensinamento mais supremo da religião católica: a defesa da vida.

Estudei em colégio jesuíta durante cinco anos, sou devoto do grande fundador da congregação, Santo Inácio de Loyola, e um admirador do grande jesuíta Padre Antonio Vieira, sem falar da grande colaboração que essa congregação fez para a ciência, para a educação e para a evangelização cristã no mundo todo.

Mas hoje li uma pesquisa feita pelos próprios católicos da Cardinal Newman Society sobre a relação de faculdades católicas nos Estados Unidos com clínicas pró-aborto, que critica especialmente as universidades jesuítas. Isso é pior do que o Padre Vieira de repente defender a escravização dos índios, porque assim desejava os colonos do Maranhão.

O relatório da Cardinal Newman Society (CNS) mostra que mais de 150 faculdades católicas nos Estados Unidos têm conexões com a Planned Parenthood, a maior organização de aborto dos Estados Unidos. Diz o relatório:

"Apesar do ensinamento inequívoco da Igreja Católica sobre aborto e contracepção, nós descobrimos encaminhamentos para serviços de saúde na Planned Parenthood, estágios e bolsas de estudo com Planned Parenthood,  aparentes elogios a empregados que trabalharam com a Planned Parenthood, e outras conexões com esta e outras associações pró-aborto. Os problemas estão espalhados por dezenas de instituições, com concentração em instituições altamente secularizadas como Georgetown University e Seattle University, duas das instituições jesuítas mais importantes".

Você pode ler o relatório completo em inglês na página da CNS. Disso, depois de arrancar os cabelos de raiva, como disse o site Creative Minority Report, só se tira uma coisa para se alegrar: os próprios católicos combatem e divugam seus próprios (grandes) problemas.

Mas a ótima notícia que tenho para divulgar é que os americanos estão cada vez mais do lado pró-vida nos Estados Unidos e, mais ainda, jovens se reúnem para defender, assistir palestras e ler sobre o movimento pró-vida. Vejam o vídeo abaixo que peguei no Blog do Patrick Madrid. Sensacional.

video

God bless this youth.


Nenhum comentário: