domingo, 16 de outubro de 2011

Quem são os Ocupantes de Wall Street?

-

Abaixo vai uma coleção de vídeos que dão um panorama de quem são os manifestantes que se denominam Occupy Wall Street (OWS - Ocupantes de Wall Street). Eles estão em várias cidades dos Estados Unidos e começaram a se espalhar pelo mundo.

Pode até ter gente preocupada com os rumos da economia e o impacto sobre os pobres, mas na base do movimento estão anti-semitismo, comunismo, muita estupidez e ódio ao próprio Estados Unidos (como a foto acima de um manifestante pisando na bandeira americana revela). É isso que os vídeos mostram. Vamos a eles. No final, ainda tem uma foto de outro ódio.


1) Anti-Semitismo -  O primeiro vídeo contrasta o apoio de líderes políticos como Obama aos manifestantes que reforçam o anti-semitismo. No segundo, mostra-se uma sindicalista deseja expulsar todos os judeus dos Estados Unidos. No terceiro, um ex-preso por financiamento ao terrorismo (Hadem Abduayyeh) declara seu ódio a Israel e aos Estados Unidos. Também mostra que o Obama chegou a apoiar a organização deste ex-detido, o que é muito preocupante. No quarto, temos uma discussão entre um judeu com um manifestante. Há outros vídeos na internet mostrando este tipo de coisa. O manifestante liga a ganância dos ricos aos judeus, assim como fez os nazistas e um judeu passando nas ruas não aceita isso. Por último, mostro  o apoio dos nazistas ao OWS.











2) Comunismo - No primeiro vídeo, o cara ao microfone prega violência (Gandhi estava errado para ele, só a violência traz revolução), no segundo a entrevistada diz qual é a base de apoio do OWS (sindicatos e partidos revolucionários comunistas), no terceiro, uma manifestante carrega a bandeira da antiga União Soviética. Por último, mostramos a idiotice destes comunistas com uma foto que exibe quão capitalistas eles são fazendo manifestação, ao exibir produtos que foram gerados por uma sociedade livre.












3) A idiotice - A coisa mais pertubadora e estúpida das manifestações é uma linguagem de sinais que eles inventaram. O primeiro vídeo mostra um cara explicando esta linguagem. No segundo, os manifestantes declaram apoio ao sexo com animais (!). É isto mesmo. No terceiro, o entrevistador destrói o argumento do manifestante. O manifestante diz que os ricos pagam menos impostos que os pobres nos Estados Unidos e o entrevistador mostra que isto não é verdade. Depois, o entrevistador pergunta ao cara com cartaz por que as pessoas deveriam pagar pela faculdade dele. O cara se enrola todo e no fim confessa que não sabe a razão mas que deseja que as pessoas paguem.







4) Ódio ao Cristianismo - Abaixo uma foto do que sobrou de uma estátua de Nossa Senhora de um Igreja em Roma depois da manisfestação na Itália ontem:




Que Nossa Senhora nos proteja desses vândalos anti-semitas, comunistas e anti-cristãos.



(Agradeço os vídeos e fotos aos sites The Blaze, Weasel Zippers, Creative Minority Report, Drudge Report e Deacon's Bench)

2 comentários:

Dorila disse...

As imagens são aterrorizantes e falam por si mesmas. De minha parte, jamais pensei que testemunharia tempos de intolerância explícita como os de agora. Assim, mais do que nunca, a mensagem cristã deve se fazer presente. O Vaticano já se manifestou sobre isso?

Pedro Erik disse...

Já sim, Dorila. O Vaticano já se pronunciou.

O Vaticano se mostrou, assim como você e eu, aterrorizado.

Abraço,
Pedro Erik