segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Profecias de Cristo no Velho Testamento (continuação)

-

No ano passado, nesta época do Natal, o site American Catholic preparou vários posts sobre as profecias que anunciam Cristo no Velho Testamento. Eu coloquei aqui no blog estas profecias. Este ano, o American Catholic resolveu colocar mais profecias messiânicas encontradas no Velho Testamento. Então, como estudo e gosto muito assunto, resolvi acompanhá-los. Vou repetir abaixo as profecias que coloquei em 2011 e adicioná-las as deste ano. Começo a adicionar depois de Números 24.

Ah, acima, quadro belíssimo de Mathias Grunewald, Isenheim Altarpiece, que celebrou os 500 anos em 2012.

Vamos às profecias, faço marcações em negritos que lembram Cristo de forma mais acentuada:

Sabedoria 2:12-20:

12.Vamos armar ciladas ao justo, porque ele nos incomoda e se opõe às nossas acções. O justo reprova as transgressões que cometemos contra a Lei, e acusa-nos de faltas contra a educação que recebemos.13.Declara ter o conhecimento de Deus, e diz-se filho do Senhor.14.Ele tornou-se uma condenação para os nossos pensamentos, e até só o vê-lo já nos é insuportável.15.A sua vida não se parece com a dos outros, e os seus caminhos são todos diferentes.16.Ele considera-nos moeda falsa e afasta-se dos nossos caminhos para não se contaminar. Proclama feliz o destino dos justos e gaba-se de ter Deus como pai.17.Vejamos se é verdadeiro o que ele diz, e comprovemos o que lhe vai acontecer no fim.18.Se o justo é filho de Deus, Deus cuidará dele e o livrará da mão dos seus adversários.19.Vamos prová-lo com insultos e torturas, para verificar a sua serenidade e examinar a sua resistência.20.Vamos condená-lo a sofrer morte vergonhosa, porque ele mesmo diz que não lhe faltará socorro».

Salmo 22:

1.Ao mestre de canto. Segundo a melodia A corça da aurora. Salmo de Davi. 2.Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes? E permaneceis longe de minhas súplicas e de meus gemidos? 3.Meu Deus, clamo de dia e não me respondeis; imploro de noite e não me atendeis. 4.Entretanto, vós habitais em vosso santuário, vós que sois a glória de Israel. 5.Nossos pais puseram sua confiança em vós, esperaram em vós e os livrastes. 6.A vós clamaram e foram salvos; confiaram em vós e não foram confundidos. 7.Eu, porém, sou um verme, não sou homem, o opróbrio de todos e a abjeção da plebe. 8.Todos os que me vêem zombam de mim; dizem, meneando a cabeça: 9.Esperou no Senhor, pois que ele o livre, que o salve, se o ama. 10.Sim, fostes vós que me tirastes das entranhas de minha mãe e, seguro, me fizestes repousar em seu seio. 11.Eu vos fui entregue desde o meu nascer, desde o ventre de minha mãe vós sois o meu Deus. 12.Não fiqueis longe de mim, pois estou atribulado; vinde para perto de mim, porque não há quem me ajude. 13.Cercam-me touros numerosos, rodeiam-me touros de Basã; 14.contra mim eles abrem suas fauces, como o leão que ruge e arrebata. 15.Derramo-me como água, todos os meus ossos se desconjuntam; meu coração tornou-se como cera, e derrete-se nas minhas entranhas. 16.Minha garganta está seca qual barro cozido, pega-se no paladar a minha língua: vós me reduzistes ao pó da morte.  17.Sim, rodeia-me uma malta de cães, cerca-me um bando de malfeitores. Traspassaram minhas mãos e meus pés:  18.poderia contar todos os meus ossos. Eles me olham e me observam com alegria,  19.repartem entre si as minhas vestes, e lançam sorte sobre a minha túnica.  20.Porém, vós, Senhor, não vos afasteis de mim; ó meu auxílio, bem depressa me ajudai.  21.Livrai da espada a minha alma, e das garras dos cães a minha vida.  22.Salvai-me a mim, mísero, das fauces do leão e dos chifres dos búfalos.  23.Então, anunciarei vosso nome a meus irmãos, e vos louvarei no meio da assembléia.  24.Vós que temeis o Senhor, louvai-o; vós todos, descendentes de Jacó, aclamai-o; temei-o, todos vós, estirpe de Israel, 25.porque ele não rejeitou nem desprezou a miséria do infeliz, nem dele desviou a sua face, mas o ouviu, quando lhe suplicava. 26.De vós procede o meu louvor na grande assembléia, cumprirei meus votos na presença dos que vos temem. 27.Os pobres comerão e serão saciados; louvarão o Senhor aqueles que o procuram: Vivam para sempre os nossos corações.  28.Hão de se lembrar do Senhor e a ele se converter todos os povos da terra; e diante dele se prostrarão todas as famílias das nações, 29.porque a realeza pertence ao Senhor, e ele impera sobre as nações. 30.Todos os que dormem no seio da terra o adorarão; diante dele se prostrarão os que retornam ao pó.  31.Para ele viverá a minha alma, há de servi-lo minha descendência. Ela falará do Senhor às gerações futuras e proclamará sua justiça ao povo que vai nascer: Eis o que fez o Senhor.

Isaías 7-11:16:

11.Pede ao Senhor teu Deus um sinal, seja do fundo da habitação dos mortos, seja lá do alto. 12.Acaz respondeu: De maneira alguma! Não quero pôr o Senhor à prova. 13.Isaías respondeu: Ouvi, casa de Davi: Não vos basta fatigar a paciência dos homens? Pretendeis cansar também o meu Deus? 14.Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco. 15.Ele será nutrido com manteiga e mel até que saiba rejeitar o mal e escolher o bem. 16.Porque antes que o menino saiba rejeitar o mal e escolher o bem, a terra, cujos dois reis tu temes, será devastada.

Isaías 9:1-7:

1.O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; sobre aqueles que habitavam uma região tenebrosa resplandeceu uma luz. 2.Vós suscitais um grande regozijo, provocais uma imensa alegria; rejubilam-se diante de vós como na alegria da colheita, como exultam na partilha dos despojos. 3.Porque o jugo que pesava sobre ele, a coleira de seu ombro e a vara do feitor, vós os quebrastes, como no dia de Madiã. 4.Porque todo calçado que se traz na batalha, e todo manto manchado de sangue serão lançados ao fogo e tornar-se-ão presa das chamas; 5. porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; a soberania repousa sobre seus ombros, e ele se chama: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz. 6.Seu império será grande e a paz sem fim sobre o trono de Davi e em seu reino. Ele o firmará e o manterá pelo direito e pela justiça, desde agora e para sempre. Eis o que fará o zelo do Senhor dos exércitos. 7.O Senhor profere uma palavra contra Jacó, e ela vai cair sobre Israel.

Isaías 66:7-9

Antes dos trabalhos de parto, ela deu à luz; antes de chegarem as dores, ela pôs no mundo um filho varão. Quem jamais ouviu tal coisa, quem jamais viu coisa semelhante? É possível um país nascer num dia? Pode uma nação ser criada repentinamente? Desde as primeiras dores Sião deu à luz seus filhos. Para que não desse à luz abriria eu o seio materno?, diz o Senhor. Eu que dou a fecundidade, o fecharia?, diz teu Deus.

Miquéias 5:1

1.Mas tu, Belém-Efrata, tão pequena entre os clãs de Judá, é de ti que sairá para mim aquele que é chamado a governar Israel. Suas origens remontam aos tempos antigos, aos dias do longínquo passado. 2.Por isso, (Deus) os deixará, até o tempo em que der à luz aquela que há de dar à luz. Então o resto de seus irmãos voltará para junto dos filhos de Israel.

Daniel 7:13-14:

13.Olhando sempre a visão noturna, vi um ser, semelhante ao filho do homem, vir sobre as nuvens do céu: dirigiu-se para o lado do ancião, diante de quem foi conduzido. 14.A ele foram dados império, glória e realeza, e todos os povos, todas as nações e os povos de todas as línguas serviram-no. Seu domínio será eterno; nunca cessará e o seu reino jamais será destruído.

Números 24:16-19:

16.oráculo de quem ouve as palavras de Deus e conhece a ciência do Altíssimo. Ele vê aquilo que o Todo-poderoso mostra, e entra em êxtase de olhos abertos:17.Eu vejo-o, mas não é agora; eu contemplo-o, mas não de perto: uma estrela avança de Jacob, um ceptro levanta-se de Israel, e esmaga as têmporas de Moab e o crânio dos filhos de Set.18.Edom tornar-se-á conquista, e o inimigo Seir será sua propriedade. Israel triunfará.19.Jacob dominará sobre os seus inimigos e acabará com os que ficarem na capital.

Isaías 53:12

Por isso lhe darei multidões como propriedade, e com os poderosos repartirá os despojos: porque entregou o seu pescoço à morte, foi contado entre os pecadores, carregou os pecados de muitos e intercedeu pelos pecadores.

Zacarias 9:9-10

9. Dança de alegria, cidade de Sião; grita de alegria, cidade de Jerusalém! Eis que o teu Rei vem a ti: Ele é justo e vitorioso. Ele é pobre, vem montado num jumento, num jumentinho, filho de uma jumenta.Ele destruirá os carros de guerra de Efraim e os cavalos de Jerusalém; quebrará o arco de guerra. Anunciará paz a todas as nações, e o seu domínio irá de mar a mar, do rio Eufrates até aos confins da Terra.

Isaías 11:1-5

1. Do tronco de Jessé sairá um ramo, um rebento nascerá das suas raízes. 2. Sobre ele pousará o espírito de Javé: espírito de sabedoria e inteligência, espírito de conselho e fortaleza, espírito de conhecimento e temor de Javé. 3. A sua inspiração estará no temor de Javé. Ele não julgará pelas aparências, nem dará a sentença só pelo que ouvir dizer. 4. Ele julgará os fracos com justiça, dará sentenças rectas aos pobres da Terra. Ele ferirá o violento com o ceptro da sua boca, e matará o ímpio com o sopro dos seus lábios. 5. A justiça será o cinto da sua cintura, a fidelidade cingir-lhe-á os rins.

Jonas 2:1

1.Javé enviou um peixe bem grande para que engolisse Jonas. E Jonas ficou no ventre do peixe três dias e três noites. 

Isaías 60:1-6

1. Levante-se, Jerusalém! Brilhe, pois chegou a sua luz, a glória de Javé brilha sobre você. 2. Sim, a treva cobre a terra, névoas espessas envolvem os povos, mas sobre você brilha Javé, e sua glória a ilumina. 3. Sob a luz de você caminharão os povos, e os reis andarão ao brilho do seu esplendor. 4. Lance um olhar em volta e observe: todos esses que aí se reúnem vieram procurá-la. Seus filhos vêm de longe, suas filhas vêm carregadas no colo. 5. Então, bastará ver, e seu rosto se iluminará, seu coração parecerá explodir de emoção, porque estarão trazendo para você os tesouros de além-mar, estarão chegando a você as riquezas das nações. 6. Uma grande multidão de camelos a invade, camelos de Madiã e Efa; de Sabá vem todo mundo, ouro e incenso é o que eles trazem, e vêm anunciando os louvores de Javé.

Isaías 53

1.Quem poderia acreditar nisso que ouvimos? A quem foi revelado o braço do Senhor 2. Cresceu diante dele como um pobre rebento enraizado numa terra árida; não tinha graça nem beleza para atrair nossos olhares, e seu aspecto não podia seduzir-nos.3. Era desprezado, era a escória da humanidade, homem das dores, experimentado nos sofrimentos; como aqueles, diante dos quais se cobre o rosto, era amaldiçoado e não fazíamos caso dele. 4. Em verdade, ele tomou sobre si nossas enfermidades, e carregou os nossos sofrimentos: e nós o reputávamos como um castigado, ferido por Deus e humilhado. 5. Mas ele foi castigado por nossos crimes, e esmagado por nossas iniqüidades; o castigo que nos salva pesou sobre ele; fomos curados graças às suas chagas. 6. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, seguíamos cada qual nosso caminho; o Senhor fazia recair sobre ele o castigo das faltas de todos nós. 7. Foi maltratado e resignou-se; não abriu a boca, como um cordeiro que se conduz ao matadouro, e uma ovelha muda nas mãos do tosquiador. (Ele não abriu a boca.) 8. Por um iníquo julgamento foi arrebatado. Quem pensou em defender sua causa, quando foi suprimido da terra dos vivos, morto pelo pecado de meu povo? 9. Foi-lhe dada sepultura ao lado de fascínoras e ao morrer achava-se entre malfeitores, se bem que não haja cometido injustiça alguma, e em sua boca nunca tenha havido mentira. 10. Mas aprouve ao Senhor esmagá-lo pelo sofrimento; se ele oferecer sua vida em sacrifício expiatório, terá uma posteridade duradoura, prolongará seus dias, e a vontade do Senhor será por ele realizada. 11. Após suportar em sua pessoa os tormentos, alegrar-se-á de conhecê-lo até o enlevo. O Justo, meu Servo, justificará muitos homens, e tomará sobre si suas iniqüidades. 12. Eis por que lhe darei parte com os grandes, e ele dividirá a presa com os poderosos: porque ele próprio deu sua vida, e deixou-se colocar entre os criminosos, tomando sobre si os pecados de muitos homens, e intercedendo pelos culpados.

 


2 comentários:

FireHead disse...

Os judeus não têm no seu livro sagrado o livro da Sabedoria que está aí no teu artigo, tal como outros seis livros deuterocanónicos que só os verdadeiros cristãos - os católicos é que têm.

Na apresentação do último livro do Papa por parte do bispo auxiliar de Lisboa, ele contou à audiência uma história curiosa vivenciada por ele num encontro ecuménico: um rabino disse que o nosso Velho Testamento não é o mesmo que o livro sagrado dos judeus (tirando o pormenor dos sete livros deuterocanónicos). Isto porque os judeus partem duma perspectiva em relação ao Velho Testamento diferente de nós: para nós é em função e para Cristo, para os judeus não. O Judaísmo continua com uma ideia completamente abstracta de Deus.

Pedro Erik disse...

Obrigado, grande Firehead, pelas informações.

Realmente, como disse São Paulo, o Deus incarnado é uma pedra para os judeus.

Abraço,
Pedro Erik