quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Religiões pelo Mundo

-

O Instituto Pew Research divulgou ontem uma pesquisa sobre as religiões feita em 230 países. A pesquisa identificou que 84% das pessoas têm alguma religião. Como mostra o gráfico acima, a maioria é cristã ( 31,5%, 2,2 bilhões de pessoas), depois são os muçulmanos (23,2%) e depois os que não têm nenhuma religião, mas podem acreditar em Deus ou em alguma força espiritual (16,3%), depois os hindus (15,0%).

O Instituto diz que o número de pessoas sem nenhuma religião é semelhante ao número de Católicos. Então, se tirássemos os Católicos do grupo dos cristãos, eles representariam o segundo maior grupo do mundo, com 1,14 bilhão de pessoas. Todos os outros cristãos têm menor número que o de católicos (1,06 bilhão de pessoas). Se dividirmos os muçulmanos entre as partes que se odeiam: sunitas, xiitas, alawitas, salafitas, etc., os Católicos serão a primeira religião do mundo.

A maioria dos que não têm religião estão na Ásia-Pacífico e os cristãos são bem mais distribuídos no globo terrestre, o que mostra a força dos missionários cristãos. As religões com pior distribuição são os hindus e budistas, concentrados na Ásia. Ver gráfico abaixo com distribuição geográfica por região do globo.


Os que não têm religião estão concentrados na China e no Japão, que juntos somam quase 1,5 bilhão de pessoas, mais de 20% da população mundial. Vejam abaixo a distribuição das religiões por países:



Bom, que Cristo chegue a mais corações no mundo. Que Ele abençoe os nossos missionários. Há muitas ovelhas perdidas, dentro e fora dos países de maioria cristã.


(Agradeço a indicação da pesquisa ao site PewSitter)

6 comentários:

avmss disse...

O catolicismo apostólico romano tem bem mais unidade. Uma dúvida, os católicos ortodoxos(orientais) representam quanto?

abraço

Pedro Erik disse...

Grande pergunta, avmss.

Eles certamente são um minoria minúscula. Minoria talvez até dentro da Igreja.

Mas em termos de pesquisa, teríamos de perguntar quantos são os muçulmanos ortodoxos, hindus ortodoxos, judeus ortodoxos (estes são uma minpria pequeníssima), etc.

Abraço,
Pedro Erik

avmss disse...

Na verdade estava falando dos que são da Igreja Ortodoxa, tipo a da Armênia, Grécia, Rússia, Etiópia... Eu os chamei de católicos, pois eles fazem parte do começo da Igreja, e existe a possibilidade deles voltarem a estar em união com Roma.

“Haverá um só rebanho e um só pastor.” (Jo 10, 16)

Pedro Erik disse...

Bom, não tenho certeza, avmss, mas acho que eles excluíram as diversas igrejas ortodoxas do cálculo de católicos.

Abraço,
Pedro Erik

FireHead disse...

Os católicos não romanos perfazem menos de 10% de todo o universo católico. O problema é que, no meio de todos esses mil milhões (um bilhão ou bilião) de católicos, quantos é que não passam de católicos nominais ou simplesmente católicos da treta? É que sabemos todos muito bem que nem todos os que foram baptizados são católicos hoje. Existem, pois, muitos menos verdadeiros católicos do que se pensa.

Em relação aos "outros cristãos" (ortodoxos, protestantes e demais seitas não denominacionais), a verdade é que eles não são cristãos de verdade; são pseudo-cristãos ou cristãos da treta. Os verdadeiros cristãos são apenas os católicos. Os cismáticos e os reformados são hereges e, como escreveu São João, se fossem dos nossos, não nos teriam deixado.

Um abraço.

Pedro Erik disse...

É verdade, grande Firehead.

Abraço,
Pedro Erik