domingo, 17 de março de 2013

Papa Francisco é Chestertoniano


Este blog apoia a santidade de GK Chesterton. Então, fiquei muito feliz em saber que o Papa Francisco é membro da Sociedade Chestertoniana da Argentina. Ele faz parte do comitê de honra da sociedade, clique e veja o nome de Jorge Mario Bergoglio (o nosso Francisco) entre os membros da Sociedade.

Além disso, enquanto cardeal, o Papa Francisco patrocinou duas conferências do Chesterton Institute of Faith and Culture, relata o blog The Economy Project.

Quem introduziu Chesterton para os argentinos foi nada menos do que Jorge Luis Borges, que é considerado um dos grandes da literatura mundial. Ele traduziu livros de Chesterton e fez a biografia de Chesterton. O site da Sociedade Chestertoniana Argentina traz a biografia feita por Borges.

O blog de Mark Shea diz que se alguém faz parte de uma sociedade chestertoniana "seal the deal" para ele, isto é, não precisa dizer mais mais nada, é seu amigo, ele está do mesmo lado.

Eu ainda sinto muita falta de Bento XVI, da profundidade teológica dele, do amor que ele tem pela missa, mas digo o mesmo que Shea, se alguém admira Chesterton é meu amigo há longa data, no caso do Papa, ele é meu líder amigo.

Viva Francisco!



13 comentários:

Rodrigo AdeM. disse...

"O Carnaval acabou". Palavras do Papa Francisco, dizem. E no momento de recusar o hábito pontifical. Será verdade?

Pedro Erik disse...

Não sei se são dele, Rodrigo.

Mas realmente não gosto da abordagem de querer destruir as vestimentas e os enfeites das missas. É a beleza da Igreja que tanto Bento XVI defendeu, espero que Francisco defenda.

Abraço,
Pedro Erik

Rodrigo AdeM. disse...

Longe de mim julgar um papa, aliás, longe de mim julgar quem quer que seja. Mas se ele realmente disse aquilo diretamente ao Monsenhor Marini, eu me preocupo. Sou um católico preguiçoso, confesso, mas não malho a doutrina católica, e temo o que possa vir mais à frente. A presença de Dom Cláudio Hummes ao lado do papa me chamou a atenção. Toda vez que esse cardeal brasileiro é entrevistado, ele diz que não se podem dar as mesmas respostas de ontem para os problemas de hoje, ou algo assim. O que ele quer dizer com isso?
PS. Os chamados católicos "tradicionalistas" já manifestam receio com esse papa. Vou rezar por ele todas as noites.

Abraço,
Rodrigo AdeM.

Pedro Erik disse...

Penso exatamente igual a você, Rodrigo.

Não gostei da frase de Francisco: "Quero uma Igreja pobre para os pobres". Eu quero a minha Igreja rica para servir aos pobres da melhor maneira, inclusive com missas bonitas.

Mas é cedo para se criticar e eu tenho fé no Espírito Santo.

Os tradicionalistas a princípio atacaram o papa, mas depois viram que ele liberou o summorum pontificum (missa tradicional em latim em Buenos Aires). Vi um tradicionalista dos EUA pedir perdão por ter criticado o Papa.

O melhor que fazemos é o que você disse: rezar por ele e pela Igreja.

Abraço,
Pedro Erik

Rodrigo Adem disse...

Sem dúvida ainda é cedo. E algumas palavras do papa Francisco me agradaram muito. Só para terminar: O jornalista da Veja, Reinaldo Azevedo, e o Leonardo Boff, estão contentes com o papa. Alguma coisa aí está errada, hehehe.

Pedro Erik disse...

Na verdade, todos estamos ainda meio perdidos, o Papa ainda vai mostrar a que veio, é rezar, e confiar no Espírito Santo, ele sempre mostra o caminho.

Francisco é contra a teologia da libertação, mas tem um abordagem voltada para o pobres, o que é bastante correto. Ele atacou o aborto e o casamento gay. Ótimo. Reinaldo Azevedo está bem mais próximo da verdade (apesar de eu não ler Reinaldo Azevedo, estou tomando o que você disse) do que Boff, que costuma sempre estar do lado errado.

Em todo caso, acho que minha saudade de Bento XVI não irá passar. Também nem sei se Bento XVI era substituível. Meu candidato a papa era o cardeal Burke. Burke não tem a profundidade teológica de Bento XVI mas é um forte defensor da Doutrina, bem diferente de Hummes.

Rezemos, amigo.

Abraço,
Pedro Erik

Rodrigo Adem disse...

De Bento XVI tenho a trilogia Jesus de Nazaré, além da Introdução ao cristianismo. Autor finíssimo. Do Dom Cláudio não conheço nada. Não o estou julgando, aliás qualquer homem capaz de dar o voto de castidade tem meu respeito. Dom Odilo Scherer sempre me pareceu seguro na doutrina em entrevistas. Mas Dom Cláudio se embaraça um pouco. Posso estar errado, mas será que ele não quer mudanças profundas na Igreja Católica? E o papa Francisco, não pode convocar um novo concílio e ir além do Vaticano segundo? Nossa época é de incertezas, e isso atingiu também a Barca de Pedro.

Pedro Erik disse...

Rezemos, Rodrigo, a Igreja já passou por tempos muito piores. E não creio que ele seja heterodoxo. Acho apenas que ele não tem o entendimento de Bento XVI e isto o fragiliza, e suas homilias são bem mais frágeis, mas nada além disso.

Viva Francisco! Ele pode trazer muita gente para a Igreja, com sua fé na humildade.

Rodrigo Adem disse...

"Viva Francisco! Ele pode trazer muita gente para a Igreja, com sua fé na humildade". De acordo, Pedro Erik. Rezemos.
PS. Por qual motivo você não lê o blog do Reinaldo Azevedo, mas lê o do grande Augusto Nunes? Eu gosto dos dois!

Pedro Erik disse...

Rodrigo,

Há pelo menos uns dois anos que não leio Reinaldo Azevedo. O orgulho dele exagerado me incomoda.

Além disso, certa vez comentei no blog dele que ele tinha escrito uma definição errada. Ele me zombou e deixou que um comentarista me zombasse. Então, eu provei que ele estava errado. O que ele fez? Alterou a definição de acordo com o que eu falei, mas não me agradeceu, nem muito menos pediu desculpas.

Outra vez, eu disse que ele tinha defendido uma posição sobre Obama e ele negou e me impediu de publicar a prova que ele tinha defendido.

O orgulho é um pecado que leva a muitos pecados.

Sem falar que Azevedo, mesmo sendo católico, apoia adoção de crianças por casais gays. O que o Papa Francisco é veementemente contra.

Mas reconheço a inteligência de Reinaldo Azevedo. Certamente, ele é um dos mais preparados jornalistas do Brasil, se não for o mais preparado.

Abraço,
Pedro Erik

Rodrigo Adem disse...

Pedro,
Você não é a primeira pessoa que reclama da mediação dos comentários no blog do Reinaldo. O fato é que há coisas que só ele diz, só ele escreve.
Abraço,
Rodrigo Adem

Victor Moreno disse...

Pessoal, receio ter chegado tarde, mas tenho uma informação que creio que será de grande valia para você: essa história de que o Papa Francisco teria dito que "o Carnaval acabou" é falsa, forjada.

Abraços!

Anônimo disse...

Pessoal, penso que o certo seria "Viva o Papa", não "Viva Francisco". Pode parecer uma besteira, no entanto é uma diferença importante nos termos.