sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Eu queria falar que o Brasil já era...mas Filme: Filho de Deus



Minha vontade hoje era falar quanto eu acho que o Brasil é um país que já era, não tem futuro nenhum, depois de assistir mais uma vez a destruição nas ruas de nossas cidades feitas por adolescentes desocupados, com incentivo de partidos políticos e sindicatos. Adolescentes desocupados mascarados destruindo tudo que veem pela frente é um péssimo sinal de futuro. Isto não aconteceu por acaso, anos e anos de péssimos governos e educação.

Mas vou deixar meu pessimismo de lado para apresentar o filme Son of God que será exibido nos Estados Unidos a partir do dia 28 deste mês.

O filme foi elogiado pelo renomado blogueiro católico americano, Bradon Vogt. Então deve ser um ótimo filme.

Vejam o trailler abaixo:




Brandon comentou uma cena do filme em que Jesus encontra Pedro. Brandon mostra que Jesus oferece ajuda a Pedro (como Ele está sempre oferecendo ajuda para nós), Pedro está chateado pois não conseguiu pescar nada, Cristo se joga nas águas para ajudar Pedro. Ele também se dirige a nós para nos ajudar, mas somos nós que devemos colocar Jesus em nosso "barco", assim como São Pedro teve que puxar Cristo para sua embarcação.


Rezemos pelo Brasil. Que o Brasil puxe Jesus para o seu barco, para reconhecer o que é certo e errado.


(Agradeço a indicação do filme ao site Big Pulpit)

6 comentários:

Nik disse...

Bacana, vamos assistir. Pedro, a Sagrada Face é um mistério necessário, penso eu. Representar o Cristo sempre atravessa a questão da cultura, da época, e vendo os atores escolhidos para o filme, me pergunto se não haveria escolha melhor. Tipos muito modernos, rostos populares. em Ben-Hur, isso foi resolvido de forma melhor. ;)

Pedro Erik disse...

Nik, é verdade. Mas deve ser difícil combinar face com bom ator. Eu gostei de Jim Caviezel na Paixão de Cristo, ele é um ator excepcional, mas certamente ele tem um rosto moderno.

Em todo caso, parece que o filme passa a mensagem de Cristo de forma muito boa.

Abraço,
Pedro Erik

Duddu Pontes disse...

Pedro, boa tarde!

Esse ano tem Noé com o Russel Crowe, Exodus(Moisés) com Christian Bale e Ben Kingsley e agora mais esse!

Ansiedade a mil por hora!

Aquele abraco!

Pedro Erik disse...

É verdade, Duddu.
Parece que Hollywood está voltando seus olhos para a Bíblia.
Espero que facam corretamente, respeitando o livro sagrado.

Abraço,
Pedro Erik

FireHead disse...

Bom, este Cristo agora é o "nosso" Diogo Morgado. Não gosto do nariz dele, mas também ninguém é perfeito. Se quisermos mesmo a perfeição, teríamos que chamar o próprio Cristo para fazer dEle próprio. :)

Pedro Erik disse...

É isso aí, caríssimo Firehead.

Importante é se ele faz bem o papel e é fiel à mensagem de Cristo.

Abraço,
Pedro Erik