quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

O que sobrou dos Cristãos no Oriente Médio?


No começo deste ano, o instituto de pesquisa Pew Research mostrou mais uma vez que o cristianismo é a fé que mais sofre perseguição no mundo. Os cristãos são perseguidos em 151 países, especialmente em países islâmicos. A medição do instituto é muito sujeita a críticas. Por exemplo, a pesquisa diz que a Europa é a região que mais aumentou a perseguição a religiões em 2012, em pleno período da chamada Primavera Árabe, que mata e expulsa milhares de cristãos. Como igualar a proibição de usar um lenço muçulmano com a expulsão e morte de pessoas? Deve-se ver como é explicada a definição e medição do que se chama perseguição (vejam os detalhes da metodologia usada, clicando aqui).

Mas mesmo assim a pesquisa não escapa de mostrar que os cristãos são os mais perseguidos no mundo. E se observarmos por país, entre aqueles que mais perseguem por causa da fé, a grande maioria são países islâmicos, seja perseguição social ou do próprio governo. Como mostram os gráficos abaixo da pesquisa.


Ontem, um texto de Giorgio Bernardelli mostra o tamanho da população cristã no Oriente Médio, região que mais persegue os cristãos no mundo.

Bernardelli fala dos cristãos coptas do Egito (alguns ligados a Roma, outros não), dos gregos ortodoxos, dos melquitas, dos cirstãos da Igreja Ortodoxa Síria,  dos maronitas, dos caldeus, dos armênios, e dos latinos que vivem no Oriente Médio.

Não se consegue saber exatamente quantos cristãos vivem no Oriente Médio, mas se sabe o que está acontecendo com eles. Estão desparecendo da região, como mostra Bernadelli.

Hoje, o chefe de uma Comissão para Assuntos Internacionais nos Estados Unidos declarou que a perseguição a cristãos no Iraque é pior do que durante o governo de Saddam Hussein.

A Igreja diz que o "sangue dos mártires é a semente da Igreja", mas a perseguição a cristãos do mundo funciona para reduzir o número de cristãos, especialmente no mundo muçulmano.

Onde vamos parar?

Rezemos pela Igreja.

2 comentários:

juscelino disse...

acho que comentei no post errado..

Pedro Erik disse...

Não faz mal, amigo.
O que você comentou é universal.
Abraço
Pedro Erik