quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Quão Estúpido pode ser um Ganhador do Prêmio Nobel?

-


Muito, muito estúpido, pode ser mais estúpido que qualquer pessoa. É isso que prova quase diariamente Paul Krugman.

Ele disse ontem no seu twitter:


Traduzindo: "As pessoas podem estar brincando no twitter, mas com toda a seriedade. nós veríamos uma explosão de gastos e, por isso crescimento econômico se o terremoto tivesse provocado danos sérios."

Quer dizer: se o terremoto que atingiu ontem Washington e Nova Iorque tivesse derrubado prédios (e consequentemente matado pessoas) seria ótimo para a economia.

Estupidez estelar, mais de 20 mil pessoas morreram no Japão por causa do maior terremoto da história do país,  e a economia por lá anda péssima. Por sinal, ontem também a Moody's rebaixou a nota de crédito do Japão.

Meu Deus do céu, internem o cara.

Mas o pior é o que pensamento de Krugman, que matar pessoas é uma ótima para a economia, não chega a ser novidade. Longe disso. Os ambientalistas também acham isso.

PS: meu amigo maisvalia disse que a frase não é de Krugman. Em todo caso, não faz diferença pois Krugman já disse frases semelhantes no New York Times. Vejam:

- Frase de Krugman após o terremoto do Japão  (http://krugman.blogs.nytimes.com/2011/03/15/meltdown-macroeconomics/):

And yes, this does mean that the nuclear catastrophe could end up being expansionary, if not for Japan then at least for the world as a whole. If this sounds crazy, well, liquidity-trap economics is like that — remember, World War II ended the Great Depression. (E sim, isto realmente significa que uma catástrofe nuclear pode acabar em expansão da economia, se não para o Japão então ao menos para o mundo como um todo. Se isto parece loucura, bem, armadilha de liquidez na economia é assim - lembrem que a Segunda Guerra acabou com a Grande Depressão.)

- Frase de Krugman depois dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 (http://www.nytimes.com/2001/09/14/opinion/reckonings-after-the-horror.html):

Nonetheless, we must ask about the economic aftershocks from Tuesday’s horror.These aftershocks need not be major. Ghastly as it may seem to say this, the terror attack — like the original day of infamy, which brought an end to the Great Depression — could even do some economic good. (Todavia, nós devemos nos perguntar sobre a economia depois dos ataques da Terça. Estes prorblemas não precisam ser grandes. Desagradáveis como eles são, o ataque terrorista - como o dia da infâmia, que trouxe um fim a Grande Depressão - poderia mesmo ser um coisa boa para a economia)

Agora vejo porque ninguém correu em socorro do Krugman, não é a primeira vez que ele acha que  desastres humanitários são uma coisa boa para a economia.

Eric Allie fez uma ótima charge para Paul Krugman. Vejam abaixo que Krugman mostra um jornal em que se lê devastação = estímulo econômico, enquanto os cavaleiros do apocalipse chegam:




(Agradeço o achado da estupidez do Krugman ao site Weasel Zippers)

10 comentários:

maisvalia disse...

Caro Pedro.
Parece que não foi o idiota do Krugman que disse isto.
É um twitter fake.
Abs

Pedro Erik disse...

O Krugman é suficientemente idiota para dizer isso. Veja:

http://thyselfolord.blogspot.com/2011/07/solucao-de-paul-krugman-morte-e-imposto.html

Abraço,
Pedro Erik

maisvalia disse...

Eu sei Pedro.
Eu leio as idiotices dele.
É que parece que esta ele não tuitou e aí fica ruim ter um artigo sobre o que ele não fez.
Gosto do seu blog.
Abs

Pedro Erik disse...

Caro maisvalia,

O cara já falou até em extraterrestre para salvar a economia, se ele dissessee o contrário é que certamente seria um fake.

Não li em lugar nenhum sobre o que você está dizendo.

Mas mande um link de uma fonte confiável que verei. Não basta apenas você dizer que "parece" que não foi ele.

Obrigado pelo comentário.

Abraço,
Pedro Erik

maisvalia disse...

http://www.mediaite.com/online/becoming-paul-krugman-how-a-google-account-tricked-twitter/attachment/carney_tweet/

Pedro Erik disse...

Caro maisvalia,

Valeu pelo link, mas você esqueceu de ler o artigo do tal Gaterol.

Podemos substituir a frase que coloquei por estas outras de Krugman (os links vão em seguida):


And yes, this does mean that the nuclear catastrophe could end up being expansionary, if not for Japan then at least for the world as a whole. If this sounds crazy, well, liquidity-trap economics is like that — remember, World War II ended the Great Depression.

(escrita no dia 15 de março depois do terremoto no Japão. Ver: http://krugman.blogs.nytimes.com/2011/03/15/meltdown-macroeconomics/)


Nonetheless, we must ask about the economic aftershocks from Tuesday’s horror.These aftershocks need not be major. Ghastly as it may seem to say this, the terror attack — like the original day of infamy, which brought an end to the Great Depression — could even do some economic good.

(Escrita logo após 11 de setembro de 2001. Ver em:http://www.nytimes.com/2001/09/14/opinion/reckonings-after-the-horror.html)

Em suma, Krugman pensa exatamente como Gaterol escreveu.

Muito obrigado pelo link, amigo. Reforçou meu argumento ao mostrar mais frases idiotas de Krugman. Por isso mesmo ninguém correu muito em seu socorro.

Em todo caso, vou lhe agradecer no Post.

Abraço,
Pedro Erik

maisvalia disse...

Caro Pedro.
Obrigado e eu também não suporto este idiota economista liberal.
Abs

Pedro Erik disse...

Eu que agradeço, maisvalia.

Valeu, amigo.

Abraço,
Pedro Erik

maisvalia disse...

O pós ficou ótimo.
Obrigado pelo amigo.
Abs

Pedro Erik disse...

Eu devo a você, grande maisvalia.

Abraço,
Pedro Erik