sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bandeira Terrorista Homenageada nos Estados Unidos

-

Durante uma luta de vale tudo nos Estados Unidos, um libanês venceu. Mas vejam no vídeo abaixo que, durante a comemoração, ele resolveu homenagear a bandeira do Hezbollah, organização terrorista do Líbano, que atualmente domina a politica por lá e sempre foi financiada pelo Irã, pois professa a mesma tendência xiita do Islamismo.

Imaginem se um americano vence uma luta na Arábia Saudita (nem preciso mencionar Irã) e resolve homenagear a bandeira dos Estados Unidos por lá. O que vocês acham que teria acontecido com ele?

Vejam o vídeo da luta abaixo.




O libanês que se chama Muhammed Ali gritou após a vitória "Ya Hussein", invocando o santo xiita Iman Hussein que era neto de Maomé e foi assassinado e decapitado pelos líderes muçulmanos na batalha de Karbala (680 d.C). Todo ano a Ashura celebra a morte dele.A celebração da Ashura marca uma grande diferença entre os muçulmanos xiitas e sunitas.


(Agradeço o vídeo ao site Weasel Zippers)

3 comentários:

Francisco Fernandes disse...

John Howard tem toda razão do mundo!

Pedro Erik disse...

Caro Francisco,

Explique melhor.

Abraço,
Pedro Erik

Francisco Fernandes disse...

Conselhos sábios do ex-primeiro ministro australiano John Howard sobre coisas que ,pelo menos eu,concordo.