sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A Pobreza e o "Bolsa Família" de Obama

-
Ontem, o Census americano anunciou que a pobreza aumentou nos Estados Unidos, há agora quase 50 milhões (mais de 16% da população) considerados em estado de pobreza.A pobreza passou de 49,0 milhões de pessoas em 2010 para 49,7 milhões em 2012. 20% das crianças americanas vivem em estado de pobreza. A classe social que mais sofre com a pobreza são os hispânicos e quem vive em áreas urbanas.Califórnia é o estado onde se tem mais pobres, seguido do Distrito de Columbia (região da capital Washington).

Os cálculos de nível de pobreza são relativos, pois deve-se olhar quem é considerado pobre pela estatística. Este pobre pode ser mais rico que muitos brasileiros ou africanos. Mas não deixa de ser notícia a piora do indicador.

Outro dado que mostra a piora da situação dos americanos é o número de pessoas que recorrem ao chamado "food stamp", ajuda alimentar que governo federal americano fornece aos pobres, um tipo de bolsa família.

Cada americano no food stamp recebe US$ 132,96 por mês (cerca de R$ 270,0).

Nunca na história dos Estados Unidos tantos americanos estão dentro do food stamp. Durante o governo Obama houve aumento de quase 50% no número de pessos que recebem ajuda do governo em menos de quatro anos. Quando Obama começou o governo, havia 32 milhões de pessoas recebendo food stamp, hoje são quase 47 milhões.

Obama foi chamado por um oposicionista (Newt Gingrich) de ser o "presidente do food stamp".

O site da Fox News, divulgou uma análise de Ron Meyer que mostra que se todos que recebem food stampo votaram em Obama, Obama já teria de cara 75,4% dos votos que ele conseguiu.Como a oposição pode conquistar estes dependentes do estado?

O custo do estado de bem-estar social americano já custa US$ 750 bilhões aos cofres públicos dos Estados Unidos, mas a pobreza aumenta. É a mesma lição da Europa e ainda tem gente que diz que a política de dar dinheiro público funciona.

4 comentários:

avmss disse...

Sobre a Califórnia, já li muito na internet a chamando de "Commufornia".

FireHead disse...

Excelente artigo. Vou falar disto no meu blogue, amigo.

Abraço.

Pedro Erik disse...

Ok, Firehead.

Abraço,
Pedro Erik

RLocatelli Digital disse...

Sugiro que comecemos a chamar os eua e a Europa de ex-primeiro mundo. Na Espanha os famintos estão revirando as caçambas de lixo em busca de comida. A "solução" do governo foi trancar as caçambas com cadeado...