domingo, 4 de fevereiro de 2018

Ditador Turco Vai Agradecer ao Papa Francisco. Porque o Papa é Contra Trump.


O Papa Francisco condenou Trump porque o presidente dos Estados Unidos reconheceu Jerusalém como capital de Israel.

O ditador turco, Recep Erdogan, vai agradecer ao Papa pessoalmente por isso.

Como diz a reportagem do Jihad Watch, essa não é a primeira vez que o Papa Francisco é honrado por muçulmanos.

Humm...Israel está vendo dois inimigos do estado judeu se encontrando.

E os curdos também está vendo dois inimigos do estado curdo se encontrando. O que pensarão os cristãos sírios?

Turkey’s Erdogan to meet with Pope, thank him for opposing Trump’s recognition of Jerusalem as Israel’s capital

This is not the first time a Muslim leader has thanked Pope Francis for being so very useful to the global jihad. Last September, the Pope met in the Vatican with Dr. Muhammad bin Abdul Karim Al-Issa, the secretary general of the Muslim World League (MWL), a group that has been linked to the financing of jihad terror. During the meeting, al-Issa thanked the Pope for his “fair positions” on what he called the “false claims that link extremism and violence to Islam.” Ahmed al-Tayeb, the Grand Imam of Cairo’s al-Azhar, has also thanked Francis for his “defense of Islam against the accusation of violence and terrorism.”
Pope Francis has proclaimed that “authentic Islam and the proper understanding of the Koran reject every form of violence,” doing his bit to ensure that as many Christians as possible would remain ignorant and complacent about the jihad threat that his precious “dialogue” does nothing to mitigate.
And now this. Pope Francis is a disgrace to the Church, to Judeo-Christian civilization, and to the free world.
“Leave them; they are blind guides. And if a blind man leads a blind man, both will fall into a pit.” (Matthew 15:14)

“Jerusalem to dominate Erdoğan’s meeting with Pope Francis,” Daily Sabah, February 2, 2018:
The United States’ controversial recognition of Jerusalem as the capital of Israel is expected to dominate talks between President Recep Tayyip Erdoğan and Pope Francis on the president’s first trip to the Vatican on Sunday.
According to presidential sources, Erdoğan will thank Pope Francis for his stance against U.S. President Donald Trump’s decision and his efforts to protect the status quo in the holy city.
The Turkish president previously expressed his appreciation to Pope Francis who strongly opposed the bitterly-contested move announced by Trump at the end of last year. The two leaders held several phone calls regarding the issue and voiced their determination to follow developments regarding Jerusalem.
The current humanitarian crisis in Syria, regional developments, terror, cooperation against Islamophobia and xenophobia are also among the topics which the two leaders are set to discuss during their meeting.
The Argentine pope met Erdoğan during his trip to Turkey in November 2014 as the first world leader to visit the Turkish presidential complex in Ankara. The return visit will be the first by a Turkish president since 1959.
Francis has repeatedly praised Turkey’s efforts to welcome Syrian refugees and has said the country could be a “great peacemaker.”…

10 comentários:

Alex disse...

Acho muito estranho esse apoio, vamos dizer, generoso que o Papa está dando aos muçulmanos. Dizem que, quando ele era arcebispo de Buenos Aires, ele era muito amigo e muito próximo da comunidade judaica de lá. Mas, depois que se tornou papa, vem apoiando grandemente os muçulmanos. Parece ser uma atitude movida essencialmente por motivos politicamente corretos. Pode ser que a minha impressão esteja enganada, porque não conheço bem a biografia e o pensamento de Bergoglio. Esse encontro com Erdogan é, de fato, lamentável.

Anônimo disse...

Nunca vi com bons olhos os Papas pós CVII. Este ainda muito menos e tenho feito comentários aqui contrários as atuações desse Papa herege. Agora, o que tem haver em reconhecer ou não Jerusalém como capital de Israel? Jerusalém já deixou de ser capital de Israel outras vezes na antiguidade.
Outra coisa: A Igreja, quando ainda era Igreja de verdade até Pio XII, não dava a mínima para Israel, antes ou depois de sua recriação até João Paulo I. A nova Aliança que Cristo trouxe é o que importa e Israel com todos os judeus devem abraçar a fé católica (a fé verdadeira). Aliás os judeus sempre tramaram contra a Igreja (vide as ações ocultas da maçonaria, que por trás estão os judeus do Talmude).

Enfim, Israel tendo como capital Jerusalém, além de outras questiúnculas envolvendo o tal "Estado judeu" só é celebrado pelos protestantes (sempre usados pela maçonaria desde o seu surgimento) com sua fé ignorante e vazia cheia de devaneios Bíblicas tolos e sem sentido.

Eduardo

Alex disse...

Caro Pedro, lendo seus textos sobre a hostilidade dos muçulmanos contra os cristãos, eu me lembrei de um caso que aconteceu comigo. Alguns anos atrás, não me lembro o ano exato, talvez há mais de 10 anos atrás, tinha sido aberto um restaurante árabe em minha cidade. Eu passei algumas vezes na calçada desse restaurante. Sempre que passava em frente a esse restaurante árabe, havia uma mulher, com feições tipicamente muçulmanas. Confesso que me sentia muito desconfortável em passar em frente a esse restaurante, pela fama dos muçulmanos de inimigos dos cristãos. De alguma forma, aquele mulher muçulmana percebeu o meu incômodo. Em uma outra vez que passei em frente àquele restaurante, aquela mulher me interpelou diretamente dizendo que eu estava sendo preconceituoso com ela e, se eu passasse de novo na frente do restaurante dela, da família dela, ela iria chamar a polícia, me denunciando de preconceito. Como as leis brasileiras são muito rígidas contra preconceito, eu achei melhor não discutir com ela. Fui obrigado pelas circunstâncias a pedir desculpas a ela. A minha sorte foi que, depois de uma semana, essa mulher árabe se mudou para outra cidade, porque, em minha cidade, o restaurante da família dela não estava tendo muitos fregueses.

Alex disse...

Pedro, não tem a ver com o assunto do post, mas gostaria de pedir a sua opinião sobre algo que é novidade para mim. Você já ouviu falar na nova tecnologia 5G? Eu tenho notado que os youtubers americanos e britânicos têm falado sobre o lançamento dessa nova tecnologia com preocupação. Não entendi direito todas as complicações dessa nova tecnologia, mas me parece que está ligado à radiação. Você poderia me ajudar a compreender o motivo da preocupação das pessoas em relação a essa nova tecnologia? Sobre o 5G, veja este vídeo.
5G - A Real Terror
https://youtu.be/7nCygMtB4CI

Pedro Erik disse...

Pois é, meu amigo.
Você lembrou bem da amizade do Papa com um rabino argentino.
Mas saiba que há rabinos que odeiam Israel, apoiam palestinos. Por incrível que pareça. Não sei se é o caso do amigo do Papa.

Lamentável a condenação que o Papa deu à decisão de Trump.
Erdogan só vai reafirmar esse erro do Papa.

Abraço,
Pedro

Isac disse...

DARIA PARA APLICARMOS?
Pelo seu proceder abominável serão confundidos, mas nem ao menos conhecem a vergonha, e nem o que seja enrubescer. Assim como os que caem, tombarão também e perecerão no dia do castigo - oráculo do Senhor. Jer 8 12.
A CADA DIA QUE PASSA, INFELIZMENTE, MAIS O PAPA FRANCISCO SE MOSTRARIA COMO ALIADO DE SERES SINISTROS DO ISLÃ E DAS ESQUERDAS, DE CLÉRIGOS PÉSSIMOS EXEMPLOS, ARQUIINIMIGOS DA IGREJA, EMBORA SEM CONSEGUIREM, TENTAM DESTRUÍ-LA, CASO DOS MAOMETANOS POR MEIO DE ERDOGAN E DOUTRAS CRIAS DE MAOMÉ QUE O INCENSAM!
Enquanto isso, nas paróquias é papa Francisco prá lá, prá cá, nem um pio acerca do que sucede à realidade de seus diversos desprocedimentos, como mencionou, só de o WSJ não o incensar, mau sinal!
Por outro lado, seria melhor que cada vez mais se mostrasse de que lado está, a que está para os vigias do teclado tomando as medidas mais apropriadas!
Conhece um site especialista em papa Francisco, o papafranci.blogspot.com.br?

Pedro Erik disse...

Conheço site não, Isac. Obrigado. Vou ver.
Abraço,
Pedro

Pedro Erik disse...

Caro Eduardo, entendo seu ponto. Só acho que há uma grande diferença entre dá a mínima por Israel e defender dois estados, contra Trump.

Além disso, apesar de a Igreja e os judeus terem história conturbada, Cristo é judeu e cumpriu o velho testamento. Muito mais guerreira é a relação com o Islã.
Abraço

Pedro Erik disse...

Que loucura, meu amigo.
Acho que eu a teria desafiado que me processasse. Que minha mulher não veja isso.

Abraço

Pedro Erik disse...

Apesar de acompanhar a situação financeira de empresas de telecomunicações, eu não entendo nada de tecnologia. Vou ver seu vídeo, meu amigo.
Tenho um colega que entende, vou perguntar a ele.

Abraço,
Pedro