quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Muçulmana no The Voice Canta "Aleluia" de Leonardo Cohen Mudando Letra para Homenagear Alá.



Parece tão bonitinha e tão inocente. Muçulmana usa hijab para se apresentar no The Voice da França e escolhe cantar uma música de um judeu (Leonard Cohen).

Mas depois de começar cantando a letra original, ela em seguida começa a cantar em árabe, modificando a letra, que é um canto de Davi para Betsabé (mãe de Salomão, mulher de Urias), para um canto em louvor a Alá.

Ela parece enganar os jurados pois começa cantando a letra original em inglês e depois que ganha aprovação muda para o árabe.

Quem conta a história é o site Jihad Watch, que diz que a letra usada pela muçulmana foi escrita por Muhamad Al Hussaayn, do Kuwait, que costuma fazendo proselitismo islâmico em músicas ocidentais.

O site diz que a própria cantora costuma reduzir os impacto do terrorismo islâmico na França e usar vitimismo.

---

Esqueçam essa versão tenebrosa da música.

A música original é maravilhosa e a melhor versão foi cantada por Jeff Buckley, que infelizmente nos deixou tão cedo.

Ouçam a versão original na voz desse sensacional cantor que faz tanta falta.




Letra:

Now, I've heard there was a secret chord
That David played, and it pleased the Lord
But you don't really care for music, do you?
It goes like this, the fourth, the fifth
The minor fall, the major lift
The baffled king composing hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Your faith was strong but you needed proof
You saw her bathing on the roof
Her beauty and the moonlight overthrew ya
She tied you to a kitchen chair
She broke your throne, and she cut your hair
And from your lips she drew the hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
You say I took the name in vain
I don't even know the name
But if I did, well really, what's it to you?
There's a blaze of light in every word
It doesn't matter which you heard
The holy or the broken hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
I did my best, it wasn't much
I couldn't feel, so I tried to touch
I've told the truth, I didn't come to fool you
And even though it all went wrong
I'll stand before the lord of song
With nothing on my tongue but hallelujah

Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah
Hallelujah

5 comentários:

Alex disse...

Percebe-se pela expressão facial que uma das juradas fica surpresa; acho que no mal sentido, quando a cantora muda a letra da música para o árabe.

Isso é um exemplo interessante de como os muçulmanos estão dispostos e preparados para dominar até a cultura europeia, não apenas as fronteiras geográficas. O que, para os brasileiros em geral, incluindo eu, é difícil de imaginarmos esse clima de dominação muçulmana na Europa.

Isac disse...

Ouvi falar num filme nomeado, uma pornochanchada, cujo nome era "bonitinha mas ordinaria".
O comportamento dela foi tal, ainda mais louvando a deusa lua do islamismo, paganismo!
Eis aí outra que irá pro ceu de Maomé!

Gean Ricardo disse...

Qual o nome da cantora?

Pedro Erik disse...

O nome dela é Mennel Ibtissem.

Abraço

Unknown disse...

Nossa quanta ignorância