segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Vídeo: Papa Francisco - o Papa Bono Vox




O vídeo acima  de Paul Jospeh Watson trata de Bono Vox e no final relaciona o astro do rock com o Papa Francisco. Bono disse compartilha com Papa Francisco a preocupação com as crianças. Daí, Watson lembra que Papa Francisco está tão preocupado com as crianças que sabia dos casos de abusos sexuais contra elas por cinco anos e não fez nada.

Watson condena muito da hipocrisia de Bono Vox, que recentemente apoiou o aborto em plebiscito na Irlanda, mesmo sendo católico, que defende a diversidade e a imigração em massa enquanto vive riquíssimo em volta de brancos e em segurança, que defende o combate ao tal aquecimento global, enquanto viaja de jatinhos privados, que diz que apoia o fim da pobreza mundial, enquanto não gasta quase nada para o fim da pobreza, que acha que a União Europeia é revolução benéfica e jovem.

Sobre o Papa Francisco, na verdade, Watson podia ter relacionado muito mais com o Papa Francisco.

O Papa Francisco é um Papa Bono Vox. Assim como Bono Vox, ele é preocupado com a suposta mudança climática, é defensor da diversidade e da imigração em massa (enquanto vive cercado e protegido), é amigo da mídia global, é preocupado com a pobreza (costuma pedir que os países deem casa, comida e terra de graça aos pobres), é aberto a outras experiências religiosas, tem desprezo pelo Magistério da Igreja e pelos teólogos, não condena os atos homossexuais, apoia a União Europeia, e também é muito amigo de outras celebridades.

O vídeo poderia facilmente substituir Bono Vox por Papa Francisco.

Rezemos, católicos, a Igreja está nas mãos de uma celebridade da mídia. O aggiornamento do Papa João XXIII em seu ápice maligno.





3 comentários:

Adilson disse...

Mais que nunca precisamos de santos. Vivemos uma época em que essas "celebridades" tem suas palavras tolas idolatradas e uma Igreja que não se levanta para confrontar o mundo, e ainda permite que o mundo se instale no coração do Papado. Será que essa situação está pronta para receber um santo? Deus tenha piedade de nós.

Bruna A. disse...

Dando voz para um protestante que odeia a Igreja e o Papa, em um blog que se diz católico. É o fim. Me retirarei deste blog, que propaga acusações demoníacas contra o Santo Padre.

Se é católico, OBEDEÇA ao Santo Papa, e não blasfeme contra ele. Obediência, esta é tarefa do bom católico! Quem é que fala contra sua FAMÍLIA nos termos usados neste artigo? Pois a Igreja é nossa família! E devemos amá-la, assim como ao Papa.

Leve esse seu "protesto" contra o Papa para longe de mim, pois quem protesta e acusa, sei muito bem quem é, aqueles que levam por isso o nome de "protestantes".

Pedro Erik disse...

Meu caro Bruno, eu não preciso "obedecer" ao Papa, preciso (e ele também) obedecer a Cristo e à sua Igreja, o Papa não é a Igreja.

Sinto ter lhe incomodado. Fique com Deus.

Abraço,
Pedro