segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Vídeo: Economia (Finanças) como Ciência Virou Paródia.



A economia, como ciência, está tão doente quanto a moral do mundo. E muito provavelmente é por conta dessa queda da moral que a economia está nesta forma. No vídeo acima do Financial Times, tenta-se explicar por que os juros (yield) dos títulos alemães (chamados "bunds", títulos soberanos de longo prazo, 10 ou 30 anos) estão com juros negativos.

A moça explica que os preços e os yields possuem relação inversa. Isto é, quanto mais você paga por um título de renda fixa menos juros você ganha. De forma mais simples ainda, se um título custa 1.000 reais e você paga 998 reais, você ganha menos juros de que alguém que paga apenas 900 reais por ele (todos vão receber 1.000 reais no final do prazo).

A Alemanha, assim como o Japão, a França, a Suíça e a Holanda, vende seus títulos soberanos pagando juros negativos. Isto é, por exemplo, você compra por 1.003 reais e recebe apenas 1.000 ao final do período. Recebe menos que você gastou, por uma coisa que deveria lhe render juros.

Por que isso?

Ela explica usando três razões: 1) O Banco Central Europeu cobra juros negativos dos bancos para ficarem com o dinheiro em caixa; 2) Os títulos alemães são seguros (possuem risco muito baixo ) e líquidos (podem ser transformados rapidamente em dinheiro); 3) O Banco Central Europeu está ameaçando comprar mais títulos soberanos e isso aumentará ainda mais os preços dos títulos e baixará ainda mais os yields.

Isto tudo faz sentido? Não, claro que não.

A primeira razão nos diz que o Banco Central Europeu fala para os bancos: se você não emprestar ao público e às empresas, eu vou lhe dar mais dinheiro! Dinheiro é o quê? Lixo? Se dinheiro é lixo na Alemanha, é lixo na Grécia ou em Portugal? Se o dinheiro é lixo, por que será importante para o desenvolvimento? Se o dinheiro é lixo, como pode ser usado para diminuir as igualdades globais?

Os monetaristas vão dizer que o dinheiro não serve para o crescimento econômico. Tratar dinheiro como lixo serve? Não está dando certo desde a crise de 2008.

A segunda razão diz que os títulos alemães são tão seguros que o governo alemão lhe devolve menos do que você gastou com eles. Mas na verdade o governo alemão está querendo que os investidores não comprem títulos alemães, deseja que os investidores façam investimentos mais arriscados. Eu tenho algumas dicas de investimento: Argentina e Grécia, por exemplo. Mas nestes países o dinheiro não chega, e os consumidores alemães ficam só girando o dinheiro dentro do próprio país sem qualquer efeito até para a própria Alemanha.

A terceira razão é de perspectiva econômica, quer nos dizer que os compradores desses títulos acham que o juro negativo pode ser ainda mais negativo. Um ótimo sinal de que os juros negativos não funcionam.

Em suma, a economia virou uma grande paródia, seus cálculos financeiros e custos de oportunidades se auto-alimentam em círculos. Os economistas ou financistas podem ser substituídos por algoritmos e robôs.




Um comentário:

Maria Martha disse...

"Sabemos que somos de Deus, e que o mundo todo jaz sob o Maligno" 1João 5,19
A conspiração do silêncio está girando a roda do dinheiro cada vez mais rapido corroendo as economias das familias