quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Papa Francisco Ofende Católicos Americanos. Eles Reagem.



O livro Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano descreveu por vezes muito bem uma mentalidade muito presente entre nós, com nossas teologia da libertação e teorias da dependência, uma mania de ficar do lado do bandido e de desprezar os vitoriosos e mais ricos. Além de uma enorme preguiça intelectual.

O Papa Francisco me lembrou essa descrição do livro, quando um escritor francês chamado Nicholas Seneze, que escreveu um livro com a teoria conspiratória de que "os americanos" conspiram contra o Papa, se aproximou de Francisco e o Papa respondeu que desejava muito ler o livro, que o livro é uma "bomba" e que "é uma honra ser criticado pelos americanos".

Realmente, uma resposta estúpida de Francisco, não há meias palavras. Típica da preguiça intelectual e do preconceito latino-americano. Um papa não deve ofender ninguém dessa maneira, descuidada, sarcástica, irônica e rasteira. Ainda mais todo um povo.

Os críticos do Papa estão em todos os lugare, é claro, em especial, na terra dele na Argentina.

O fato ocorreu dentro do avião em direção a Moçambique. Depois que o Francisco disse isso, o porta-voz, Matteo Bruni, tentou concertar dizendo o "Papa sempre considera ser uma honra ser criticado por uma importante nação".

Uma idiotice de retoque de fala, só mesmo um porta-voz sob pressão para se sujeitar a isso.

Os americanos reagiram, como no vídeo acima, com Dr. Marshall e Timothy Gordon, que mostram como as palavras do Papa foram traiçoeiras para quem deve ser "papa" (pai).

O site The American Catholic também reagiu . Mostrou gráficos de como os americanos estão vendo o Papa atualmente e também disse que "a honra é nossa, Papa, em lhe criticar".

Os gráficos mostram que os americanos estão entendendo quem é Francisco, vejam abaixo:




6 comentários:

Adilson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá, Pedro


1- Concordo que o Papa Francisco errou na fala.

2- Contradição 1: criticas a ofensa a um povo, ofendendo outro povo.

3- Contradição 2: criticas a ofensa, ofendendo.

4- Novamente temos como fontes únicas para reflexão o núcleo duro "breitbartiano" norte-americano.

5- Em qualquer pesquisa de opinião, Bento XVI teria números piores do que o Francisco. Obviamente, não se mede o Papado por pesquisas de opinião.

6- Acompanho o Blog há uns 5 anos. Desisto, com pesar. O blog simplesmente se transformou num reprodutor de narrativa de um grupo político estrangeiro, defensor do reposicionamento do catolicismo como um elemento servidor do projeto da "alt right" de Bannon. Parabenizo ainda alguns posts de bom conteúdo, como o Rosário em Latim e o vídeo do Rémi Brague, exceções.


Enfim, muito obrigado por tudo de bom que recebi lendo o blog. Aconselho, se possível, a buscar, na vida, a justiça nos julgamentos, com moderação e temperança. Sempre buscar o contraditório, como Santo Tomás que sempre expunha os argumentos contrários com imparcialidade. E procurar mais a paz, a caridade e a alegria da vivência cristã em vez de associar sempre esses valores a "inimigos marxistas e peronistas". Acima de tudo, como me disse uma vez um padre velhinho e doente, com a voz do sábio: perdoe e peça o perdão.

Ah, e obrigado por me indicar Sobral Pinto hahah.


Grande abraço,

Jonas

Pedro Erik disse...

Ok, Jonas. Sem problema. Fique com Deus.

Abraço,
Pedro

Adilson disse...

Removi meu comentário, pois quando fui ao canal do dr. Taylor acabei vendo o video errado, que evidentemente gerou um comentário fora de contexto. Peço desculpas. Vou assistir ao vídeo correto. Comento em seguida.

Pedro Erik disse...

Certo, meu amigo.

Abraço,
Pedro Erik

Luiz disse...

Jonas, você realmente não gosta de ler a verdade sobre o Francisco, ela é proibitiva para você.
É bem difícil para você entender que a grande maioria dos argentinos não gostam dele, tanto que ele não esteve no pais dele enquanto papa. Também é impossível você entender que um papa que apoie Fidel/Raul/ Díaz-Canel, Cristina Kirchner, Maduro, Evo Morales, Mujica, Dilma Lula, Obama, Hillary Clinton, etc, seja marxista e peronista(antes dos falar dos eua, primeiramente tem que olhar quem ele apoia) . Também é quase impossível para a sua cabeça entender que um papa que apoie a ONU (as suas encíclicas, principalmente a eco terrorista, demonstram isso), coisa boa não pode ser. Você também deve ter dificuldade de compreender que um papa que apoie os mulçumanos em prejuízo aos cristãos que perseguidos nos seus respectivos países e a invasão dos mesmos na Europa, não é nenhum pouco confiável.