quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Francisco quer Diálogo com Humanismo Desumano

Outro dia, os amigos do Irmãos Caverna,  me pediram para falar sobre o Anticristo. Durante a entrevista falamos da perspectiva similar de dois padres sobre o assunto: padre Robert Benson (padre e brilhante escritor inglês que faleceu em 1914, autor do profético livro acima) e arcebispo Fulton Sheen (renomado pensador americano e beato da Igreja Católica, que faleceu em 1979).

Creio que Sheen se inspirou na visão profética de Benson.

Mas os dois viram o Anticristo como aquele que defenderia o humanismo prometendo prosperidade e paz. Os dois também resssltaram que esse humanismo nunca era definido claramente pelo Anticristo.  

Benson via a fonte do humanismo na maçonaria,  Sheen via tanto no liberalismo como no comunismo (que afinal têm inspiração maçônica mesmo).

Ontem,  eu li um texto que analisa um discurso do papa Francisco

E ele fala justamente que os católicos devem "devem dialogar com a tradição humanista". E Francisco faz justamente o que disse Benson e Sheen, ele não define o que seria essa "tradição humanista".

Mas ele parece saber exatamente onde está se metendo pois diz:

"A especificidade do ser humano em toda a criação, nossa singularidade em relação aos outros animais e até mesmo nossa relação com as máquinas estão sendo questionadas.  Mas não podemos nos limitar apenas à negação e à crítica ”.

“O que significa hoje ser homem ou mulher como pessoas complementares chamadas a se relacionar?  O que significam as palavras ‘paternidade’ e ‘maternidade’?  E novamente, qual é a condição específica do ser humano que nos torna únicos"

O valor contínuo do "humanismo cristão" deve ser confiável o suficiente para acolher “as contribuições da tradição humanística contemporânea e de outras culturas”.  “Estou pensando, por exemplo, na visão holística das culturas asiáticas, em busca da harmonia interior e da harmonia com a criação.  Ou a solidariedade das culturas africanas, para superar o individualismo excessivo típico da cultura ocidental.  A antropologia dos povos latino-americanos também é importante, com seu vivo sentido de família e festa;  e também as culturas dos povos indígenas em todo o planeta.”

-----

O que é o humanismo? Você conseguiu definir a partir das palavras de Francisco? 

O papa explicou as fontes de inspiração da "tradição humanista" que ele valoriza?

Será que o "humanismo moderno" que ele exalta não é  abertamente inimigo de Cristo e das Escrituras?

O "humanismo moderno" que vemos nas escolas hoje respeita ou odeia o cristianismo?

Pior, será que o "humanismo moderno" respeita o humano ou detesta o ser humano? O "humanismo moderno" não é aquele que exalta o ateísmo, o aborto,  o casamento homosexual, o controle populacional e a eutanásia?


6 comentários:

Emanoel Truta disse...

Caro Pedro,

Eu li um texto outro dia no blog rorate Coeli, que um padre e um bisp falavam sobre esse tal humanismo. Pio XII também condenou esse novo humanismo.

Ora se Francisco prega e defende esse novo humanismo... é estranho para um Católico ouvir tais coisas de um papa.

Estava falando hoje para minha esposa que Fulton Cheen diz que o anticristo também tem um segredo: não acredita em Deus (não recordo se é isso mesmo).

O Padre Benson também o descreve como um humanista, e o humanismo seria a nova religião.

Paulo VI falou que "agora tinhamos a religião do homem".

Coisas a se pensar.

Que o Bom Deus nos dê sabedoria para discernir as coisas.

Viva Cristo Rei!

Abraço

Emanoel

Emanoel Truta disse...

Caro Pedro,

Fui a procura do artigo que citei.

https://rorate-caeli.blogspot.com/2019/09/aldo-maria-valli-for-future-reference.html?m=1

Segue link.

Viva Cristo Rei!

Pedro Erik disse...

Obrigado, caríssimo Emanoel

Viva Cristo Rei!!

Isac disse...

O CHANTAGISTA "DIÁLOGO", ATUALMENTE, É POSICIONAR-SE CONTRA O APOSTOLADO!
É A PATIFARIA IDEOLÓGICA ESQUERDISTA, ALTAMENTE PERVERSA, RELATIVISTA, HUMANISTA E SUBVERSIVA!
Há poucos dias, ouvimos tal disparate de D Orlando Brandes, bispo de Aparecida e de vários outros, inclusive do papa Francisco, compulsoriamente, ipso facto, contrapondo-se ao:
* Mas Jesus, aproximando-se, lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo. Mt 18-20.
Os desafetos da Igreja internos - os mais encarniçados desafetos - mantiveram-se encabrestados quando do pontificado do grandioso e rígido S Pio X!
Falecendo, tornaram-se gradativamente mais ostensivos até ao Vaticano II Aí sim, oportunizaram-nos deslancharem em versões "religiodas" tipo martelo e foice TL-PT, redundando no Pacto das Catacumbas(de viés esquerdista), afundando o Brasil e outras nações católicas por elegerem agentes das diabólicas esquerdas, especialmente da década de 30 adiante, no séc. XX!
Doravante, como disse a irmã Lúcia ao Pe Fuentes: cada um procure santificar-se e aos próximos; não espere pedidos de penitência da parte de Roma; no presente, desencaminhando em diversos pontos, agindo ao inverso, como proibição de converter os pagãos e aprovar leis iníquas de uniões ilícitas civis, legalizando os GLBTistas com as novas invencionices nessa área a cada momento!
Nesse ano, na Noruega, num comercial, até Papai Noel saiu do "armário"!...
https://www.youtube.com/watch?v=xlLymK0LB9M
Vae mundo a peccatis!
* claret.org.br/biblia

Anônimo disse...

Parei na parte da "solidariedade africana" e na valorização da "família" na America Latina. Duas regiões onde mais se mata e se coloca filho no mundo para ser criado por mães solteiras ou sustentados pelo dinheiro publico dos impostos.

Wadson disse...

Uma pessoa diabólica tem como marca, acusação, indefinição e confusão. Nessa ordem. Observe Francisco primeiro ele acusa depois ele usa de uma argumentação que nada define, depois para concluir ele confunde. Assim transparece que ele é uma pessoa altruísta que se preocupa com os mais prejudicados dos seres humanos. Franciso tenta esconder seu ódio. Ele é veneno que tenta se disfarçar. Usa de elegância, mas não se contêm. Usa de falsidade e da mentira para se promover. Creio que não vou ver o fim do mundo, mas vivi para ver uma papa assim.