segunda-feira, 10 de maio de 2021

Santa Catarina - O Que Deus Disse dos Atos Homossexuais

Em tempos de exaltação de casal homossexual que adota crianças na TV, vamos lembrar o que Deus disse a Santa Catarina de Siena sobre atos homossexuais.

Santa Catarina de Sena (1347-80) é doutora da Igreja. 

Já contei aqui que certa vez eu fui a Oxford apresentar um artigo e durante a conferência um palestrante americano, apenas com base em um livro de um ex-padre, chegou a dizer que Cristo tinha tendências gays. Eu o questionei muito, então o líder da conferência interrompeu a discussão entre nós  usando erroneamente doutrina do Cardeal Newman. 

No meio da discussão, eu mencionei Santa Catarina de Siena, que, em conversa com Deus, lhe foi revelado que os atos homossexuais (chamados de atos contra a natureza) eram tão nojentos que nem o demônio aguentava presenciá-los. 

Deus ressaltou que o Demônio, apesar de instigar o pecado homossexual, originalmente tinha espírito angelical, por isso não conseguia presenciar atos tão nojentos contra a natureza.

Deus também ressaltou que esse pecado terrível de sodomia atingia velhos, jovens, leigos e religiosos. 

Esta informação está no livro "O Diálogo" de Santa Catarina. Mais especificamente no capítulo 124 do livro. Padre Z ressaltou essa passagem em seu blog, recentemente. 

O Diálogo foi composto como uma narrativa contínua com Deus, mais tarde dividido em capítulos.

O livro de Santa Catarina está disponível no site Clerus.org, em italiano. Mas Padre Z nos traz a tradução do Capítulo 124 em inglês. 

Vou mostrar aqui a versão em inglês, depois mostro a tradução para o português, com base no texto disponibilizado pelo padre. 

Primeiro a versão em inglês.

“I wish thee to know, dearest daughter, that I require in this Sacrament from you and from them as great purity as it is possible for man to have in this life. On your side you ought to endeavour to acquire it continually. You should think that were it possible that the angelic nature should be purified, such purification would be necessary with regard to this mystery, but this is not possible, for angels need no purification, since the poison of sin cannot infect them. I say this to thee in order that thou mayest see how great a purity I require from you and from them in this Sacrament, and particularly from them. But they act in a contrary way, for they come full of impurity to this mystery, and not only of that impurity to which, through the fragility of your weak nature, you are all naturally inclined (although reason when free-will permits, can quiet the rebellion of nature), but these wretches not only do not bridle this fragility, but do worse, committing that accursed sin against nature, and as blind and fools with the light of their intellect darkened, they do not know the stench and misery in which they are. It is not only that this sin stinks before Me, Who am the Supreme and Eternal Truth, it does indeed displease Me so much and I hold it in such abomination that for it alone I buried five cities by a Divine judgment, My Divine justice being no longer able to endure it. This sin not only displeases Me as I have said, but also the devils whom these wretches have made their masters. Not that the evil displeases them because they like anything good, but because their nature was originally angelic, and their angelic nature causes them to loathe the sight of the actual commission of this enormous sin. They truly enough hurl the arrow poisoned with the venom of concupiscence, but when their victim proceeds to the actual commission of the sin, they depart for the reason and in the manner that I have said. Thou rememberest that I manifested to thee before the plague how displeasing this sin was to Me, and how deeply the world was corrupted by it; so I lifted thee with holy desire and elevation of mind above thyself, and showed thee the whole world and, as it were, the nations thereof, and thou sawest this terrible sin and the devils fleeing as I have told thee, and thou rememberest that so great was the pain that thou didst receive, and the stench of this sin, that thou didst seem to thyself to see no refuge on this side of death, in which thou and My other servants could hide so as not to be attacked by this leprosy. Thou didst see that thou couldest not remain among men, for neither small nor great, nor old nor young, nor clerics nor religious, nor prelates, nor lords, nor subjects, were uncontaminated in body or mind by this curse.


Agora a versão em português.

Desejo que saiba, querida filha, que neste Sacramento exijo de você e deles a maior pureza que o homem pode ter nesta vida.  Do seu lado, você deve se esforçar para adquiri-lo continuamente.  Você deveria pensar que se fosse possível que a natureza angélica fosse purificada, tal purificação seria necessária em relação a este mistério, mas isso não é possível, pois os anjos não precisam de purificação, visto que o veneno do pecado não pode infectá-los.  Digo isso para que você possa ver quão grande pureza eu exijo de você e deles neste Sacramento, e particularmente deles.  Mas eles agem de forma contrária, pois chegam cheios de impurezas a este mistério, e não apenas daquela impureza a que, pela fragilidade de sua natureza débil, todos vocês estão naturalmente inclinados (embora a razão quando o livre arbítrio o permite, pode  acalmar a rebelião da natureza), mas esses desgraçados não só não refreiam essa fragilidade, mas fazem pior, cometendo aquele maldito pecado contra a natureza, e como cegos e tolos com a luz de seu intelecto escurecido, eles não conhecem o fedor e a miséria  em que eles estão.  Não é apenas que este pecado cheira mal diante de Mim, que sou a Verdade Suprema e Eterna, ele realmente me desagrada tanto e eu o considero tão abominável que só por ele eu enterrei cinco cidades por um julgamento Divino, sendo Minha Justiça Divina  não é mais capaz de suportá-lo.  Este pecado não só me desagrada, como eu disse, mas também os demônios que esses miseráveis ​​transformaram em seus senhores.  Não que o mal os desagrade porque gostem de qualquer coisa boa, mas porque sua natureza era originalmente angelical, e sua natureza angelical os faz detestar a visão da prática real desse enorme pecado.  Eles realmente lançam a flecha envenenada com o veneno da concupiscência, mas quando sua vítima prossegue para cometer o pecado, eles vão embora  pela razão e da maneira que eu disse.  Lembra-te de que te manifestei antes da praga como este pecado foi desagradável para Mim, e quão profundamente o mundo foi corrompido por ele;  então eu te levantei com santo desejo e elevação de mente acima de ti mesmo, e te mostrei o mundo inteiro e, por assim dizer, suas nações, e tu viste este terrível pecado e os demônios fugindo como eu te disse, e tu te lembras disso  tão grande foi a dor que você recebeu, e o fedor deste pecado, que você não parecia ver nenhum refúgio deste lado da morte, no qual você e Meus outros servos poderiam se esconder para não serem atacados por este  lepra.  Tu viste que não podes permanecer entre os homens, pois nem pequenos nem grandes, nem velhos nem jovens, nem clérigos nem religiosos, nem prelados, nem senhores, nem súditos, deixaram de ser contaminados no corpo ou mente por esta maldição.


4 comentários:

Stan disse...

Ei, Pedro!!!

Tudo bem, meu Amigo?

A indicação do portal clerus.org está equivocada: o texto não está em latim, mas em italiano.

Salve Maria Santíssima!

Viva Cristo Rei!!!

Abração,

Stan

Isac disse...

ATÉ OS DEMÔNIOS REJEITAM A SODOMIA!
À atualidade, é um assunto gerador de muitas polêmicas, principalmente na Igreja e certos elementos em grupos de jovens, um pecado rigorosamente condenado pelo 6º Mandamento e um grave erro que até o demônio abomina, por ser anti natural!
Expressamos nossa visão segundo os Mandamentos, nos quais cremos e no qual acreditamos, e concordemos com a não prática e desejos dessa sinistra abominação que é o GLBTismo, atualmente sem escondimentos alguns e até exaltados na midia esquerdista por muitos pagãos batizados, como "natural" e aceitável para subverter osincautos e os fazer de massa-de-manobras!
Embora a contra gosto, toleremos esses procedimentos macabros anti cristãos homossexuais e lésbicos, esse modelo de pecado nem o diabo tolera; que os homossexuais e GLBTistas gerais considerem essa importante e oportuna advertência para não se condenarem ao inferno!
"Fora os cães, os envenenadores, os impudicos, os homicidas, os idólatras e todos aqueles que amam e praticam a mentira"! Ap 22,15.

Pedro Erik disse...

Gratissimo, Stan..muito obrigado. Li tão rápido e não prestei atenção. Mas os italianos aprendem latim rápido, não é? Hehehe

Abraço, obrigado

Edu disse...

Teve até missa de 7° dia em homenagem para aquele sujeito, dá pra acreditar ❓

https://www.google.com/amp/s/g1.globo.com/google/amp/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/05/11/missa-de-7o-dia-de-paulo-gustavo-reune-amigos-e-familiares-do-ator-no-cristo-redentor.ghtml